Publicada em 05/11/2017, às 20:25

Carille freia euforia no Corinthians: 'Não é hora de falar de números'

Técnico vê vitória justa sobre o Palmeiras e vê injustas as reclamações da arbitragem, que não marcou impedimento de Romero: 'Reclamar de cinco centímetros é brincadeira'

Corinthians venceu o Palmeiras por 3 a 2 (Foto: Miguel SCHINCARIOL)

O técnico Fábio Carille quer conter a euforia no Corinthians, que abriu seis pontos de vantagem na liderança do Brasileirão por conta da vitória por 3 a 2 sobre o Palmeiras, neste domingo. O treinador disse que não é hora de pensar em números para ser campeão.

- Matematicamente, tem que trabalhar com cinco vitórias (para ser campeão). Se o Santos ganhar seis, como fica? É hora de continuar falando de jogo a jogo, não é hora de falar muito de números - afirmou o treinador, em entrevista coletiva após o Dérbi.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Carille, por outro lado, admitiu que a situação ficou complicada para o Palmeiras, agora com oito pontos atrás.

- Como eu disse na sexta, campeonato não está decidido ainda, mas, em relação ao Palmeiras, fica muito mais dificil para eles. O Palmeiras tem chances ainda, mas é claro que fica muito mais complicado depois desse resultado - analisou.



Carille disse que a vitória deste domingo foi justa, ao contrário de Alberto Valentim, técnico do Palmeiras. O treinador corintiano também afirmou que é injusto reclamar da arbitragem, que errou ao não marcar impedimento de Romero no primeiro gol do Timão.

- Foi justa, principalmente pelo que fizemos no primeiro tempo. Infelizmente levamos dois gols de bola parada. Mas na minha opinião, acho que merecemos a vitória, sim - disse Carille,

- O que me passaram é que o Romero estava impedido cinco centímetros. Eu tomei um gol do Gilberto contra o São Paulo que também não dá para reclamar. Tem coisas que não dá para reclamar. Reclamo do gol do Jô contra o Flamengo, porque eram três metros. Mas falar de cinco centímetros é brincadeira. Não dá para reclamar. Para mim foi pênalti, mas essas coisas só vendo na televisão para ter uma ideia melhor - declarou o treinador.

Com seis pontos de vantagem, o Corinthians volta a campo nesta quarta-feira, contra o Atlético-PR, em Curitiba.

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte