Publicada em 05/11/2017, às 19:19

Arrascaeta marca, Cruzeiro vence Atlético-PR e se mantém entre os 5 melhores do Brasileiro

Em lance individual, uruguaio garante retorno das vitórias ao time de Mano Menezes, enquanto Furacão chega ao segundo jogo sem triunfar

Arrascaeta comemora gol junto de Thiago Neves (Foto: Washington Alves/Light Press)

Na estreia do terceiro uniforme na temporada, o Cruzeiro voltou a dar alegrias ao seu torcedor no Campeonato Brasileiro. Após três rodadas sem vitória, a equipe de Mano Menezes venceu o Atlético-PR por 1 a 0, no Mineirão, neste domingo, com gol do uruguaio Arrascaeta, e se manteve entre os cinco melhores da competição nacional.

Com 51 pontos na tabela, o time mineiro abre três pontos de vantagem para o sexto colocado, o Botafogo. Já o Furacão continua com 42 pontos, mas cai para a 11ª colocação, chegando à segunda rodada seguida sem vitória.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Na próxima rodada, o Cruzeiro visita o Flamengo, time que venceu na final da Copa do Brasil. A partida será quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Ilha do Uurbu, no Rio de Janeiro. O Atlético-PR recebe o líder Corinthians, no mesmo dia, na Arena da Baixada, mas às 21h.

O jogo

O primeiro tempo foi marcado pelo jogo estudado entre as equipes. Com desenhos bem definidos, as duas se arriscavam pouco e tentavam aproveitar brechas do adversário. O Cruzeiro chegou em um chute de Arrascaeta, de fora da área, e ainda um com Robinho, sem direção. Já o Furacão apostava nos contra-ataques e lançamentos diretos para o ataque. Ribamar teve uma chance, na cara de Fábio, mas também bateu mal na bola. Em outra oportunidade, o atacante foi lançado na área e chutou cruzado. A bola passou com perigo. Mas, em um lance rápido, o gol cruzeirense chegou. Robinho lançou Arrascaeta. O uruguaio abriu espaço na marcação de Jonathan e mandou no ângulo esquerdo de Weverton. Sem chances para o goleiro, e Cruzeiro indo para o intervalo à frente do placar.





Mesmo à frente do placar, o Cruzeiro voltou mais ofensivo e teve boas chances nos primeiros minutos. Rafinha chutou duas de fora da área. Na primeira, a bola passou perto do gol. Na segunda, obrigou Wéverton a fazer uma defesa no canto direito. Thiago Neves ainda teve a sua, ao receber bola na área e tentar de voleio. Entretanto, o meia estava impedido. O time cruzeirense continuou melhor em campo, mas deixou mais campo ao adversário que, entretanto, não soube aproveitar. O lance de mais perigo foi em escanteio cobrado por Guilherme. O lançamento foi com efeito e bateu no travessão de Fábio. Sidcley também levou perigo em cruzamento. O goleiro cruzeirense teve de se esticar todo para afastar o perigo. Ficou assim: 1 a 0 Cruzeiro.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Cruzeiro