Publicada em 03/11/2017, às 18:12

Valentim diz que empate seria bom: 'campeonato não acaba no domingo'

Técnico interino diz que Palmeiras tentará manter seu padrão de jogo em Itaquera e avisa que o objetivo é seguir diminuindo a diferença para o líder, que hoje é de cinco pontos

Alberto Valentim vai para seu quinto jogo seguido como técnico interino - (FOTO Cesar Greco)

Alberto Valentim quer o Palmeiras atacando o Corinthians no domingo, da mesma maneira que atacou Atlético-GO, Ponte Preta, Grêmio e Cruzeiro nos quatro jogos anteriores sob seu comando. Mas o técnico interino do Verdão não considera que empate seja um resultado ruim em Itaquera.

- O empate vai ser bom para a gente também, e ótimo se conseguirmos ganhar - resumiu, quando questionado em sua entrevista coletiva desta sexta-feira se o rival ficaria mais satisfeito com uma igualdade.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



A diferença entre Corinthians e Palmeiras, que já foi de 17 pontos, hoje está em cinco pontos. Nesta semana, mesmo depois de empatar em casa com o Cruzeiro e perder a chance de reduzir a distância para três pontos, os jogadores do Verdão começaram a deixar o discurso de "foco no G4" para trás e a falar na possibilidade de título. Alberto Valentim concorda que trabalha para alcançar o líder e avisa que o Dérbi deste fim de semana não é a final do Brasileirão.

- O que fez com que nós nos aproximássemos do Corinthians foi pensar jogo a jogo. Hoje, o nosso adversário é quem está na nossa frente, então nós precisamos diminuir essa vantagem deles. Terminando esse jogo, independentemente do resultado, se os números nos derem a condição ainda de brigar lá na frente, acredito que o campeonato não acabe domingo. Lógico que a vitória de um ou outro vai fazer as coisas ficarem mais claras, mas o campeonato não acaba domingo - disse, antes de explicar o que quer de seus atletas:

- O que eu pedi aos jogadores, uma das coisas que temos conversado muito, é para mantermos um padrão de jogo. E aconteceu isso nos três primeiros jogos, quando conseguimos sair com a vantagem. Esquecemos um pouquinho o resultado e mantivemos o controle desses jogos. Contra o Cruzeiro, pela ânsia de fazer o gol, aconteceu um pouquinho diferente. Mas se você lembrar dos jogos anteriores, mesmo em vantagem, nós mantivemos nossa linha defensiva baixa e continuamos avançando. Contra o Corinthians vamos fazer o nosso jogo também. Nós temos um padrão de jogo, procuramos sempre jogar o melhor futebol possível.





Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Palmeiras