Publicada em 03/11/2017, às 15:07

Renato fala sobre reencontro de Robinho com o Santos: "Não pode ter liberdade"

Rei das Pedaladas enfrenta o Peixe pela terceira vez na carreira. Nas duas primeiras, saiu derrotado

Renato e Robinho em 2014, na última passagem do Rei das Pedaladas no Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

O duelo entre Santos e Atlético-MG, neste sábado, as 17h (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, marcará o terceiro encontro de Robinho com o clube que o projetou para o futebol.

No Galo, o Rei das Pedaladas enfrentou o Peixe duas vezes. E levou a pior: derrotas por 3 a 0, na Vila, no ano passado, e 1 a 0, no Independência, no primeiro turno do Brasileirão deste ano.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Renato, que atuou ao lado de Robinho nos títulos nacionais do Santos de 2002 e de 2004, e também em 2014, falou sobre o reencontro com o ídolo santista, mas usou o discurso de "amigos, amigos, negócios à parte".

– É um companheiro, um irmãozão. Sempre nos falamos por mensagem. Ano passado nós também tivemos o confronto na Vila, conseguimos vencê-lo. É um jogador que não pode ter liberdade, não pode deixar pensar. Vem tendo uma confiança maior nos últimos jogos, marcando gols... A gente sabe da qualidade dele. Ele nos conhece também. A gente espera sair com a vitória como no ano passado – disse Renato.



Além de pedir atenção com o atacante, Renato quer o Peixe ligado contra o Atlético-MG para seguir à caça dos líderes Corinthians e Palmeiras, que se enfrentam neste domingo, em Itaquera.

– É uma equipe perigosa. Do meio para frente tem muita qualidade. Procura ter a bola, atacar. Não vai abdicar disso. Tem um treinador (Oswaldo de Oliveira) que nos conhece, sabe do ambiente da Vila. Temos de ter o apoio do torcedor nessa reta final, até porque o Atlético-MG não vem bem em casa, mas vem bem fora de casa. Temos de tomar cuidado, mas fazer o nosso jogo. Não dar liberdade para o pessoal do meio, que é onde as principais jogadas deles acontecem.

– Temos sete finais. O único resultado para nós é a vitória. A equipe está com um foco muito grande sobre isso. A gente sabe que alguns jogos a gente não foi tão bem, principalmente dentro de casa. A equipe está comprometida, sabe da resposabilidade que tem nessa reta final. A gente está brigando pelo G-4 e pelo título também. Matematicamente ainda é possível. Temos de acreditar até o final – concluiu.

O Santos é o terceiro colocado do Campeonato Brasileiro, com 53 pontos, a um do vice-líder Palmeiras e a seis do líder Corinthians.

Confira as informações do Santos para o jogo contra o Atlético-MG:

Data e horário: sábado, às 17h (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos
Provável escalação: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Caju; Alison, Renato e Lucas Lima; Arthur Gomes, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira
Desfalques: Matheus Jesus e Jean Mota (suspensos), Copete (conjuntivite), Zeca (litígio com o Santos), Gustavo Henrique (cirurgia no joelho), Léo Cittadini (cirurgia no ombro), Vitor Bueno (ruptura de ligamentos do joelho) e Nilmar (licença médica)
Pendurados: Vanderlei, David Braz, Lucas Lima, Bruno Henrique, Ricardo Oliveira e Daniel Guedes
Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio, auxiliado por Bruno Raphael Pires e Leone Carvalho Rocha (GO)
Transmissão: Premiere e PFCI (com Jorge Vinicius e William Machado)
Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 16h

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte