Publicada em 02/11/2017, às 09:16

Rueda fala em "excesso de confiança" e destaca fator desequilíbrio Vinicius Junior

Treinador parabeniza grupo pela reação no Fla-Flu e fala sobre momento de Guerrero: "Compensa com sua experiência e maturidade a falta de jogos"

Reinaldo Rueda parabenizou o grupo pela reação no Fla-Flu (Foto: André Durão)

O Flamengo entrou em campo com a vantagem diante do Fluminense, mas sofreu para garantir a vaga na semifinal da Sul-Americana. Para Reinaldo Rueda, a equipe entrou com "excesso de confiança" na primeira etapa, foi surpreendida e precisou contar com um elemento diferente para reagir e levantar o torcedor no Maracanã.

- Penso que Fluminense nos surpreendeu com gol rápido. O estilo de arbitragem e comportamento facilitou. Deixa jogar muito. Tivemos excesso de confiança no começo. Depois era buscar alternativo e soluções. O desequilibrio do Vinicius, buscava oxigenar a parte ofensiva. E depois teve a entrega de Lucas (Paquetá) - destacou o treinador durante coletiva após a partida.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Mais uma vez desfalque, Paolo Guerrero também foi tema na conversa do treinador com a imprensa. Perguntado por um jornalista peruano sobre a condição física do atacante, Rueda destacou o trabalho do departamento médico e disse estar na torcida pela classificação da seleção peruana para a Copa do Mundo.

- Creio que para a gente é positivo e gratificante ter jogadores como Trauco e Guerrero. Nível internacional e mostram isso todo jogo. Tem todo o cuidado do departamento médico, que trabalha para que estejam bem. Paolo tem seu desejo de aportar na seleção peruana sua experiência, seus gols. Ele compensa com sua experiência e maturidade a falta de jogos. Estão perto de conseguir o objetivo (vaga na Copa do Mundo). Todos nós no Flamengo vamos comemorar que o Peru consiga a classificação.

Com a vaga garantida, o Flamengo aguarda o adversário da semifinal, que sai do duelo entre Junior Barranquilla-COL e Sport - no primeiro jogo, 2 a 0 a favor dos colombianos. Antes, no domingo, o Rubro-Negro vira a chava para o Brasileirão: encara o Grêmio, às 17h (de Brasília), em Porto Alegre.





Veja outros trechos da coletiva de Rueda:

Reação do Flamengo

Parabéns ao time pela entrega, pela mística. Fla demonstrou sua história e seu caráter diante de um rival muito difícil. Jogo intenso contra um rival com muita vontade. Creio que o trabalho feito pelo time foi imposto. Parabenizar a torcida pelo apoio.

Conversa com os garotos Vinicius Junior, Vizeu e Paquetá

Eles tinham a missão de entrar e aplicar as situações ofensivas. Pela potência, juventude. Não era fácil. Fluminense estava fechado, tinha que ser inteligente. Disse que tinham que ter decisões corretas.

Gols sofridos na bola aérea

Não é fácil. O primeira situação de gol inicia com falta de Dourado em Arão. No segundo também. Mas é a situação. Os jogos são assim. Fluminense tem essa força pela característica de seus atletas. Depois fizemos de bola parada também. Assim é futebol. Quem comete menos erros. Cometemos menos. Assim é o futebol, esses clássicos não se jogam, se ganham. São disputados, são intensos.

Hoje tínhamos essa vantagem, entre aspas. Nos surpreenderam, um gol aos três minutos. Uma das forças que temos com Arão é o jogo aéreo. Mas penso que (no gol sofrido) teve situação de falta. Deus nos premiou, premiou Arão e permitiu que o homem que talvez tenha sido impreciso, nos brindou com o gol da classificação.

Guerrero

Vamos no caminho. Não é fácil. Tem que cuidar no dia a dia. Em todos os setores. Com disciplina, ordem, profissionalismo. Paolo (Guerrero) fez um trabalho mais intenso hoje de transição. Falei com ele, quer jogar contra o Grêmio. Está disposto. Vamos ver a situação e quem sabe chegar em bom nível para domingo.

Flamengo nos clássicos

Sem dúvida, esses jogos clássicos, são torneios a parte. A história diz isso. A intensidade, a rivalidade e o respeito. Flamengo sempre enfrenta esses clássicos com responsabilidade, profissionalismo e intensidade. E tem que ser assim. Que isso nos fortaleça para a próxima semifinal, que pode terá um rival maduro e difícil depois do jogo amanhã.

Vizeu como titular

- Paquetá tem feito um grande trabalho como centroavante, fazendo jogo muito intenso, com movimentação. Mas não é fácil que um garoto tenha essa exigência de jogos difíceis e seguidos. Vizeu tem crescido. Paquetá sentiu uma pequena dor no quadril, distensão muscular que está se recuperando bem. Por isso a ideia com Vizeu , um homem de área, para incomodar o sistema defensivo.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Flamengo