Publicada em 01/11/2017, às 11:01

Vencer ou vencer: Flu inicia mês decisivo no ano em busca de paz com a torcida

Em meio à desconfiança de tricolores, equipe precisa derrotar o Flamengo para seguir na Sul-Americana e tem mais sete jogos no Brasileirão (seis deles em novembro) para evitar o rebaixamento

(Foto: Nelson Perez/Fluminense)

As vaias no empate contra o Bahia foram um sinal, ainda mais após lances no início do jogo - como os chutes errados de Marcos Júnior e Gustavo Scarpa: parte da torcida tricolor está desconfiada e sem paciência. É no meio desse clima que o Fluminense inicia novembro, o mês decisivo de 2017. O primeiro desafio será nesta quarta, contra o Flamengo, valendo vaga na semifinal da Sul-Americana. E não resta outra alternativa: é vencer ou vencer.

Depois da derrota por 1 a 0 para o rival na semana passada, o Tricolor precisa fazer o que ainda não conseguiu no ano para seguir vivo na competição: vencer o Rubro-Negro. Em sete clássicos até agora, o Flu empatou quatro e perdeu três. Uma vitória por 1 a 0 leva a decisão por pênalti. Qualquer outro resultado positivo garante a classificação da equipe do técnico Abel Braga.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



- Nosso time é não é um time feito com muitos milhões de dólares. Temos um adversário forte do outro lado. Vamos procurar nosso melhor sem qualquer tipo de receio. Não houve disparidade nesses sete jogos. Alguns o Flamengo até conseguiu o empate de forma insjusta e outros, como na final do Carioca, uma falta clara não marcada ocasionou o gol. Mas nós estamos preparados - garantiu Abel.

O treinador abriu mão do mistério e confirmou a escalação na última terça: vai mandar a campo o mesmo time que enfrentou o Bahia. A única mudança é obrigatória: Renato Chaves entra na vaga de Gum, que não está inscrito no torneio.

A irritação dos tricolores não está apenas na arquibancada. Nas redes sociais são muitos os que começam a questionar as decisões de Abel - principalmente na escalação do time. Em meio a tantos problemas, o treinador garante que superação sempre foi, e segue sendo, a palavra chave em 2017.

- Nós temos encarado problemas desde que começou o ano. E temos que buscar superar, isso é o mais importante, a busca pela superação. O torcedor pode ter convicção disso. Nós estamos fazendo o nosso máximo dentro daquilo que podemos.

Jogos do Flu em novembro

1/11 - Flamengo x Fluminense - Sul-Americana
4/11 - Botafogo x Fluminense - Brasileirão
9/11 - Fluminense x Coritiba - Brasileirão
12/11 - Cruzeiro x Fluminense - Brasileirão
15/11 - Corinthians x Fluminense - Brasileirão
18/11 - Fluminense x Ponte Preta - Brasileirão
26/11 - Fluminense x Sport - Brasileirão

Com um elenco recheado de jovens, Abel tem feito o que pode. O vice-campeonato estadual foi o melhor momento do Flu até aqui. O segundo turno do Campeonato Brasileiro tem deixado a desejar e a proximidade da zona do rebaixamento, apenas quatro pontos faltando sete rodadas para o fim (seis delas em novembro), preocupa a todos no clube.

Uma classificação na Sul-Americana pode dar um gás extra importante em um mês tão decisivo.

- Você tem sempre que medir o que é mais importante no ano. E até agora não tivemos uma convicção plena. Jogamos um Carioca, onde ganhamos a Taça Guanabara e fomos até a final, jogamos a Copa do Brasil, o Brasileiro, chegamos nas quartas de final da Primeira Liga... E agora chegamos a uma quartas de final de uma Sul-Americana. Não é pouco. Não é o que gostaríamos, não é o que o torcedor gostaria, mas é até onde temos condições.

Fonte: GloboEsporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Abel Braga ganha força no Palmeiras e torna-se o favorito para 2018
- Alívio e tristeza: Dourado avalia fim da ameaça do Z4: 'Que fique de lição'
- Marquinho sofre ruptura do tendão patelar e fará segunda cirurgia em 2017
- Sob vaias e protestos, Fluminense vence, se alivia e se garante na elite
- Leia mais notícias sobre Fluminense em www.futnet.com.br/fluminense

Mais sobre - Fluminense