Publicada em 01/11/2017, às 11:24

Pintou o talismã? Veja o histórico de Egídio que pode animar palmeirenses pelo título

Mesmo criticado pela torcida, Egídio pode ser uma boa coincidência para os torcedores palmeirenses

(Foto: Divulgação/Palmeiras)

Se depender do histórico do lateral Egídio, o Palmeiras tem enormes chances de conquistar o Campeonato Brasileiro neste ano. Profissional desde 2006, o ala só não foi campeão no ano seguinte, e conquistou ao menos um título em todas as outras temporadas. Em 2017, resta apenas o Brasileirão.

“Todos esses últimos anos, desde que me profissionalizei, só não ganhei título em 2007. Mas de 2008 para cá, foram títulos consecutivos. Penso nisso também, não é possível que em 2017 vai passar em branco”, disse o camisa 6.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Egídio se profissionalizou no Flamengo em 2006, quando venceu a Copa do Brasil. No clube carioca, também levou o Estadual de 2008, 2009 e 2011. Em 2010, conquistou Baiano e Copa do Nordeste pelo Bahia. Em 2012, o lateral foi campeão da Série B e do Campeonato Goiano pelo Goiás. Além disso, é tricampeão brasileiro – duas vezes pelo Cruzeiro, em 2013 e 2014, e uma pelo Palmeiras, no ano passado. No Verdão, também venceu a Copa do Brasil de 2015.

Apesar do currículo vitorioso, Egídio ainda não sabe onde jogará em 2018. O lateral de 31 anos tem contrato com o Verdão apenas até o final desta temporada, e, para a função, o Palmeiras terá a volta de Victor Luis, emprestado ao Botafogo, e observa Zeca, do Santos. A ampliação do vínculo, no entanto, não preocupa o camisa 6.



“Sinceramente, evito falar disso até em casa com a minha esposa. Estou muito tranquilo. Às vezes, quando converso com meu empresário, nem toco no assunto. Meu foco está totalmente voltado para esta reta final, sabemos podemos atingir coisas boas neste final de ano. Temos possibilidade de fazer história mais uma vez. Não estou preocupado, a diretoria também não está. Estamos totalmente focados”, disse.

A sete rodadas do fim do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras contabiliza 54 pontos ganhos, cinco a menos que o líder Corinthians. Assim, os palmeirenses terão uma verdadeira final no próximo domingo (05 de novembro), às 17h (de Brasília), na Arena de Itaquera.

“A importância do Derby é a maior possível. A gente sabe a dimensão desse clássico, do que pode ocasionar vencer lá dentro. Por isso que falamos que essa semana será primordial. Precisamos focar, como já estamos fazendo. Vai ser um superclássico. Ganhando lá, temos toda a possibilidade de encostar ainda mais no líder”, finalizou.

Fonte: Fox Sports
Clique para ver a matéria no site fonte