Publicada em 01/11/2017, às 17:43

Lucas Silva revela interesse de clubes do Brasil, mas avisa: "Quero ficar no Cruzeiro"

Volante volta ao time titular na partida contra o Atlético-PR, neste domingo, no Mineirão; jogador diz que pretender terminar o contrato de empréstimo com a Raposa, que vai até o meio de 2018

(Foto: Maurício Paulucci)

Lucas Silva retornou ao Cruzeiro, emprestado pelo Real Madrid, no início do ano. Em 2017, foram 32 jogos realizados e um gol marcado. O volante, que volta ao time titular da Raposa no domingo, no Mineirão, às 17h (de Brasília), contra o Atlético-PR, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, faz um balanço positivo de sua temporada, mas admite que gostaria de ter tido mais oportunidades com Mano Menezes. Com uma cláusula que permite que o jogador saia do Cruzeiro antes do fim de seu contrato de empréstimo (junho de 2018), Lucas admite que recebeu sondagens de clubes brasileiros, mas já as descartou.

- Tivemos algumas procuras sim (do futebol brasileiro), mas, desde o início, eu disse que gostaria de ficar no Cruzeiro. Tem essa cláusula que eu posso sair no final do ano, mas pretendo cumprir o contrato até o meio do ano.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Lucas Silva é atleta do Real Madrid e foi emprestado ao Cruzeiro até o meio de 2018, mas o jogador não está garantido no clube celeste para o primeiro semestre da próxima temporada. A cláusula permite ao clube espanhol solicitar o retorno de Lucas Silva em caso de alguma possibilidade de negociação do jogador. Ou seja, se o Real Madrid receber uma proposta para vender ou reemprestar o volante, antes mesmo do fim do contrato com o Cruzeiro, ele pode fazê-lo. O time espanhol também pode exercer o direito de contar novamente com o jogador. O Cruzeiro, até então, não fez nenhum contato com o jogador sobre o futuro.

- Não tivemos conversa, nenhuma também com clubes de fora. Pretendo cumprir o contrato até o meio do ano que vem. Tem Campeonato Brasileiro ainda pela frente. O que eu penso é cumprir esses jogos. Se acontecer algo que seja bom para mim e para o Cruzeiro, a gente vai sentar e conversar.

Lucas admite que gostaria de ter tido mais oportunidades com Mano Menezes, mas acredita que a grande concorrência do setor atrapalhou nas oportunidades para o jogador.

- Eu acho que é questão de prioridades e preferencias do treinador, não transferindo a responsabilidade para ele. Os companheiros também vêm treinando bem. Acho que é questão de escolhas, respeitando os companheiros que vinham jogando muito bem. Essas coisas foram juntando e causou essa falta de oportunidade.

Fonte: GloboEsporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Com contrato próximo do fim, Rafinha é disputado por quatro gigantes brasileiros
- Cruzeiro mostra interesse de renovar contrato com volante Hudson
- "Satisfeitíssimo", Mano acha que bola de Henrique entrou, mas não condena juiz
- Henrique lamenta resultado, mas elogia atuação: "Equipe jogou bem"
- Leia mais notícias sobre Cruzeiro em www.futnet.com.br/cruzeiro

Mais sobre - Cruzeiro