Publicada em 01/11/2017, às 09:50

Em Goiânia, São Paulo tenta quebrar jejum de 241 dias e fugir de vez do Z4

Na busca para eliminar qualquer risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o time de Dorival Júnior entrará em campo neste sábado, contra o Atlético-GO, no Serra Dourada

(Foto: Jales Valquer/Fotoarena/Lancepress!)

Os jogadores do São Paulo têm repetido seguidamente a meta imposta pelo capitão Hernanes, de atingir 47 pontos para eliminar qualquer risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Mas ninguém esconde que deseja alcançar o objetivo o quanto antes para poder sonhar mais alto, e, para isso, o time tentará contra o Atlético-GO, em Goiânia, no sábado, algo que não acontece há oito meses: uma sequência de três vitórias.

A última vez que o clube emendou três triunfos foi em 8 de março, quando venceu o ABC-RN por 3 a 1, no Morumbi, pela Copa do Brasil. Antes, em 5 de março, o time, ainda comandado por Rogério Ceni, tinha goleado o Santo André por 4 a 1, também no Morumbi, pelo Campeonato Paulista e, na fase anterior da Copa do Brasil, impôs 4 a 2 sobre o PSTC, no Paraná, em 1º de março.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Entre aquele triunfo sobre o ABC e o jogo de sábado, terão se passado exatamente 241 dias. Para se ter ideia das mudanças no Tricolor desde então, Luiz Araújo, hoje no Lille, da França, fez dois gols naquela partida (Pratto fez o outro). Dos titulares, além de Luiz Araújo, Breno e Cícero, Thiago Mendes e João Schmidt já deixaram o clube, Denis e Júnior Tavares viraram reservas e Bruno está vetado por lesão. Permanecem no time só Rodrigo Caio, Cueva e Pratto - dos que saíram do banco naquela noite, Wellington e Neilton também foram negociados, e Wellington Nem se machucou e não joga mais pelo Tricolor.

Acumular três vitórias consecutivas é algo tão raro no São Paulo de 2017 que a sequência só ocorreu outra vez na temporada: em fevereiro, quando o time emendou triunfos sobre Moto Clube-MA (1 a 0, pela Copa do Brasil, no dia 9), Ponte Preta (5 a 2, pelo Campeonato Paulista, no dia 12) e Santos (3 a 1, pelo Campeonato Paulista, no dia 15).

No último sábado, Dorival Júnior venceu duas consecutivas pela primeira vez no clube, ao bater o Santos por 2 a 1 - na rodada anterior, tinha vencido o Flamengo, por 2 a 0. A última sequência de triunfos tinha ocorrido ainda com Rogério Ceni no comando, em maio, já pelo Brasileiro: vitórias por 2 a 0 no Morumbi sobre Avaí, no dia 22, e Palmeiras, no dia 27.



Em 11º lugar, com 40 pontos, a quatro da zona de rebaixamento e dentro da faixa da tabela que dá vaga na próxima Copa Sul-Americana, o São Paulo enfrenta o Atlético-GO às 19h de sábado, em Goiânia, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Se não perder mais, o time alcançará a pontuação traçada por Hernanes para evitar jogar a Série B em 2018.

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte