Publicada em 31/10/2017, às 20:26

Flamengo e Fluminense decidem quem segue na Sul-Americana

(Foto: Pedro Martins/Mowa Press)

Em um clássico cercado de expectativas, Flamengo e Fluminense decidem nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Maracanã, quem vai avançar para as semifinais da Copa Sul-Americana. O jogo parece mais dramático para o Tricolor, que perdeu por 1 a 0 na ida e ainda vive situação delicada no Campeonato Brasileiro. Por esta competição, no fim de semana, empatou por 1 a 1 com o Bahia e voltou a ser ameaçado pelo “fantasma do rebaixamento”. Já o Rubro-Negro, que vem de empate sem gols com o Vasco, aparece bem melhor colocado, na zona de classificação para a Copa Libertadores.

Com o triunfo por 1 a 0 na ida, conquistado graças a um gol do meia Everton, o Flamengo pode empatar que avança. Mas como tem o mando de campo não pode pensar em perder. Mesmo com as duas partidas no Maracanã, o regulamento prevê o gol qualificado fora de casa. Assim, o Tricolor, agora como visitante, vai se classificar se ganhar o jogo por qualquer triunfo a partir de um gol de vantagem, mas a partir de 2 a 1, a exemplo de 2009, quando o Fluminense eliminou os flamenguistas deste mesmo torneio com empates por 1 a 1 e por 0 a 0. Se devolver o 1 a 0, o time das Laranjeiras forçará uma disputa de pênaltis.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Reinaldo Rueda, técnico do Flamengo, orientou seus atletas a não tentarem administrar a vantagem do jogo de ida. “O Flamengo sabe que não tem nada ganho e que o Fluminense tem um time competitivo. É um clássico e a rivalidade fala mais alto. Portanto, qualquer coisa pode acontecer. É preciso jogar com inteligência, sem ficarmos pendurados na vantagem do primeiro jogo”, disse Rueda.

Mas Abel Braga, comandante do Fluminense, tem usado essa vantagem para jogar o favoritismo no rival. “O Flamengo tem uma grande equipe, teve vinte e quatro horas a mais para se preparar e fez a vantagem no jogo de ida. Portanto, logicamente que carregam isso para o jogo da volta. Mas vamos à campo pensando em dar o nosso melhor e ganhar o jogo, o que nos daria a classificação. Portanto, vamos encarar o desafio com a tranquilidade que o momento pede e sabendo do que precisamos fazer”, apontou Abel.

Realmente o Fluminense ainda não ganhou do Flamengo nos noventa minutos esse ano, apesar de ter conquistado nos pênaltis a Taça Guanabara após empate por 2 a 2 na decisão. Os times ainda empataram por 1 a 1 na Taça Rio, por 2 a 2 e por 1 a 1 no Campeonato Brasileiro. O Flamengo, porém, além do triunfo da semana passada, levou a melhor nas duas partidas da final do Estadual: 1 a 0 e 2 a 1. Os flamenguistas, porém, entendem que isso não lhes dá vantagem.

“O que aconteceu nos jogos anteriores em nada altera ou mexe no que vai acontecer agora. Cada partida tem a sua história”, disse o lateral-esquerdo peruano Miguel Trauco.

Os tricolores, inclusive, garantem que com força de vontade podem modificar essa realidade. “Temos que ir a campo com o pensamento de fazermos um bom jogo e garantirmos o melhor resultado, mas sem afobação. Qualquer vitória nos dá a classificação e por isso mesmo temos noventa minutos para construirmos o resultado que precisamos. O Fluminense sabe que este grupo pode render mais do que rendeu no fim de semana, por exemplo, então vamos confiante, mesmo respeitando o Flamengo”, revelou o goleiro Diego Cavalieri.

Em termos de escalação, o principal desfalque vem do Flamengo e é o atacante Paolo Guerrero, que não atua desde 19 de outubro, quando participou da goleada de 4 a 1 sobre o Bahia, por conta de dores na parte posterior da coxa esquerda. Sem ele, o jovem Lucas Paquetá permanece no comando de ataque. Quem tem retorno assegurado na quarta-feira é o volante colombiano Gustavo Cuéllar, que cumpriu suspensão diante do Vasco por acúmulo de cartões amarelos e reassume o lugar que foi ocupado por Márcio Araújo diante do Cruz-Maltino.

Pelo lado do Fluminense, a única mudança em relação ao duelo do fim de semana contra o Bahia será a entrada do zagueiro Renato Chaves no posto de Gum, que não foi inscrito na Copa Sul-Americana. O atacante reserva Robinho, que sofreu uma fissura na base do quinto metatarso do pé direito, sequer será relacionado.

Quem se classificar do confronto entre Flamengo e Fluminense vai duelar nas semifinais com o vitorioso do choque entre Junior de Barranquilla e Sport, que duelam nesta quinta-feira na Colômbia. Na ida, em Pernambuco, os colombianos ganharam por 2 a 0.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO X FLUMINENSE

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 1 de novembro de 2017 (Quarta-feira)
Horário: 21h45(de Brasília)
Árbitro: Patricio Lostau (Argentina)
Assistentes: Diego Bonfa (Argentina) e Cristian Navarro (Argentina)

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Rhodolfo, Juan e Miguel Trauco; Willian Arão, Gustavo Cuéllar, Diego, Everton Ribeiro e Everton; Lucas Paquetá
Técnico: Reinaldo Rueda

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Lucas, Renato Chaves, Reginaldo e Marlon; Richard, Douglas Junior Sornoza e Gustavo Scarpa; Marcos Júnior e Henrique Dourado
Técnico: Abel Braga

Fonte: Gazeta Esportiva
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Suspenso, Prass não enfrentará o Botafogo e dá nova chance a Jailson
- Trauco promete 'fazer tudo por título' e fala sobre situação de Guerrero
- Palmeiras joga mal e perde do Avaí, que segue vivo na luta contra a queda
- São Paulo e Bahia têm acordo verbal para transferência do goleiro Jean

Últimas