Publicada em 31/10/2017, às 17:14

Em busca de técnico para o Santos, Modesto diz que não fará "aventuras"

Diretoria ainda traça perfil do sucessor de Levir Culpi; definição só deve acontecer após o Brasileiro

Elano comandará o Santos interinamente até o fim da temporada (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

O Santos busca um novo treinador para 2018, mas, a sete rodadas do fim do Campeonato Brasileiro e da temporada, a diretoria só deve definir o sucessor de Levir Culpi, demitido no último sábado, quando o torneio acabar – o auxiliar Elano ficará no cargo interinamente.

O presidente Modesto Roma Júnior disse que ainda trabalha para determinar o perfil do próximo comandante, mas o torcedor não deve apostar em uma escolha ousada da diretoria: o dirigente afirma que não vai entrar em "aventuras".

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



– (O perfil) É algo que temos que definir. Idade não é fator de decisão. O Santos é um clube de ponta, não podemos entrar em aventuras. E não vamos entrar em aventuras.

Ele voltou a descartar a chance de efetivar Elano, que aproveitará o próximo ano para terminar cursos de formação como técnico.

A busca, também, não será restrita a treinadores desempregados, mas os contatos serão iniciados apenas ao fim do Brasileiro.



– Muitos treinadores estão trabalhando, não dá para tirar o foco de ninguém que está disputando a competição. Depois, no fim do ano, todos estarão, teoricamente, livres.

O Santos ainda briga pelo título do Brasileiro: o time tem 53 pontos, seis a menos do que o líder, Corinthians. Está muito próximo, também, de garantir vaga na Libertadores de 2018.

O campeonato termina no dia 3 de dezembro, seis dias antes das eleições para presidente do Santos, quando Modesto tentará um novo mandato.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte