Publicada em 30/10/2017, às 17:03

Liderança e proximidade de subir “tranquilizam” Internacional

Apesar da inconsistência de desempenho do Colorado, estar próximo de garantir o acesso dá um tom mais ameno as declarações

(Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Apesar da liderança na Série B do Brasileirão, ainda existe um tom de desconfiança em relação aos desempenhos do Internacional. Situação que, pelo menos de acordo com o treinador Guto Ferreira, não pode ter tamanha importância.

Em coletiva feita logo depois de a equipe ter perdido para o Ceará em Porto Alegre, o técnico preferiu colocar o revés muito mais em uma situação de normalidade do que propriamente algo a ser discutido com maior atenção:

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



“Tudo passa por resultados. Indiferente de jogar bem, jogar mais ou menos. Temos que conseguir os resultados para dar a condição do acesso. São seis partidas finais dificílimas. Quando ganhamos a rodada passada, aumentamos (a distância). Teve um crescimento. Às vezes acontecem deslizes. Importante é poder ter o controle. Mais do que nunca na próxima rodada temos que ganhar. Aqueles que vêm embaixo vão ter deslizes.”

Outro que comentou de maneira mais detalhada sobre o assunto e também preferiu dar maior ênfase aos resultados e não a produtividade foi o meia D’Alessandro:



“Os últimos dois jogos fora, tivemos um jogo muito bom com o Criciúma, em que oscilamos, mas com a entrada do Camilo e do Carlos, conseguimos decidir. Com o Boa não foi bom, mas foi um empate bom para nós. O Ceará se defendeu muito bem, esperava a chance do contra-ataque. Se olhar bem o jogo, tivemos chances de empatar, de repente merecemos. Saímos chateados pela derrota, mas bola para frente. Não tem crise, somos líderes da Série B. Tem que subir, e vamos fazer de tudo.”

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte