Publicada em 28/10/2017, às 14:45

'Novo' titular do Santos, Jean se mostra confiante antes de clássico

Meia de origem, Jean Mota herda vaga de Zeca e deve se firmar como titular da lateral-esquerda. Espécie de 12º jogador de Levir, camisa 39 celebra sequência de jogos

Jean Mota foi contratado como meia, no ano passado (Foto: Ivan Storti)

Ser polivalente abriu caminhos para Jean Mota no Santos, que já jogou como meia, sua posição de origem, ponta pelos dois lados e como lateral-esquerdo. Mas foi na última, mais recuado, que ele ganhou a confiança do técnico Levir Culpi para suprir as ausências de Zeca ou até mesmo quando mudou o ex-camisa 37 de lado.

Neste sábado, contra o São Paulo, no Pacaembu, pela 31ª rodada do Brasileirão, Jean Mota fará o primeiro jogo como titular de fato da posição, já que Zeca, que entrou na Justiça contra o clube, não deve mais vestir a camisa do Alvinegro.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Mesmo antes de saber da situação, Jean já se mostrava confiante para o novo/velho desafio.

- Consigo fazer diferentes funções dentro de campo. Acredito que seja fruto de muito trabalho, estar sempre buscando evoluir junto com os companheiros. E fico feliz com essa confiança. Seguirei trabalhando forte para ajudar o Santos com os meus companheiros - afirma.

Aliada com a vontade de jogar, independentemente da posição, veio a sabedoria para ouvir os conselhos.

Segundo o próprio Jean Mota, a readaptação às novas posições fizeram dele polivalente e útil ao Peixe na caça ao líder do Brasileirão, que está a seis pontos na frente do Peixe.

- Quando você trabalha firme, concentrado e ouve dicas dos companheiros, da comissão técnica, você sabe que vai conseguir fazer o seu melhor em campo. Então creio que tudo isso me ajuda na hora de desempenhar o melhor nas partidas em diferentes funções - completa.

Presente na última vitória do Santos em um clássico - contra o Palmeiras, no Allianz Parque - o agora lateral-esquerdo não acredita que é possível repetir algumas coisas. Tanto a atuação, como o placar fora de casa.

- Foi uma vitória importante, fora de casa. Mas cada jogo é um jogo. Temos que entrar concentrados, como foi contra o Palmeiras, focado os 90 minutos para fazermos uma grande partida e sairmos com o resultado positivo. Sabemos a importância desse jogo e nos preparamos bem para fazer uma grande partida.

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- De volta a lateral esquerda? Entenda por que Jean Mota é titular do Santos
- Sem dois maiores salários, Santos projeta investimento para 2018
- Santos estipula condição para decidir pelo afastamento de Lucas Lima em reunião
- Ricardo Oliveira sobre futuro: 'Quero seguir no Santos'
- Leia mais notícias sobre Santos em www.futnet.com.br/santos

Mais sobre - Santos