Publicada em 27/10/2017, às 21:11

Após completar 100 jogos pelo Galo, Robinho pensa em renovação de contrato

O jogador garantiu que aceitaria uma redução de salário para continuar no clube

Robinho recebe homenagem ao completar 100 jogos com a camisa do Atlético (Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)

Antes da entrevista coletiva do Atlético-MG, realizada após o treino desta sexta-feira, o atacante Robinho foi homenageado pelos 100 jogos com a camisa alvinegra, completados na derrota por 3 a 2 para a Chapecoense. O presidente Daniel Nepomuceno entregou ao jogador uma placa comemorativa e a tradicional camisa com o número 100.

Com encerramento de contrato previsto para dezembro deste ano, foi inevitável o atacante comentar sobre o desejo de permanecer no clube na próxima temporada. Em meio a mudanças na diretoria do clube, Robinho avaliou até uma possível redução de salário para continuar no Galo.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



- Aceitaria (reduzir o salário) sim. Acho que, quando há interesse de ambas as partes, é só conversar. Não tem problema nenhum. O mais importante é estar feliz e estar fazendo o que gosta, que é jogar futebol - afirmou.

Após receber a homenagens das mãos do presidente Daniel Nepomuceno, Robinho mencionou o carinho recebido e a intenção de seguir trabalhando no clube.

- Com certeza (a ideia) é a de permanecer no clube. Fico muito feliz pela marca de 100 jogos, ainda mais num futebol tão competitivo como é o que a gente joga. Jogador da minha idade muitas vezes o pessoal questiona se vamos jogar todos os jogos, quanto jogos vamos conseguir fazer na temporada. E eu, num curto espaço de tempo, já consegui os 100 jogos. Vou guardar com carinho a camisa, fazer um quadro - disse.



Até agora, Robinho entrou em campo quatro vezes como titular, no comando de Oswaldo de Oliveira, e balançou as redes quatro vezes, marca que despertou o interesse do presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, que inclusive declarou publicamente que pretende contar com o atacante em 2018, caso ele aceite ganhar até R$ 200 mil, valor do teto salarial do clube.

As últimas atuações do jogador agradam e o rendimento deve ser mantido nesta reta final do Campeonato Brasileiro, principalmente porque as conversas entre Robinho e a diretoria atleticana estão começando. Brigando por uma vaga na Libertadores, o Galo volta aos gramados às 17h deste domingo para enfrentar o Botafogo, em jogo válido pela 31ª rodada.​

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte