Publicada em 26/10/2017, às 00:06

Grêmio atropela Barcelona e encaminha vaga na decisão da Libertadores

Em Guayaquil, o Tricolor não tomou conhecimento do rival e com dois gols de Luan ficou perto de mais uma final continental

(Foto: Arte Futebol Latino)

Um verdadeiro nó tático. Assim podemos definir a brilhante vitória do Grêmio por 3 a 0 contra o Barcelona, em Guayaquil. Com gols do atacante Luan (2) e Edílson, o Tricolor praticamente encaminhou sua vaga na decisão.

Leia Mais: Estrela de Scocco brilha e River Plate vence Lanús no Monumental de Núñez
“Em casa”, Independiente consegue vitória maiúscula contra o Nacional

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



No duelo da volta, na próxima quarta-feira, em Porto Alegre, o time brasileiro avança com empate ou derrota até por dois gols. O Barcelona precisa vencer por quatro tentos para chegar a mais uma final. Caso repita o placar do clube brasileiro, o duelo será decidido na cobrança de pênalti.

O duelo



Apoiado pela torcida,o Barcelona não teve nem tempo de tentar impor um ritmo forte no campo de ataque. Quando as equipes ainda se estudavam, o Grêmio avançou pela esquerda e após a zaga afastar mal o cruzamento de Cortez, o atacante Luan pegou de primeira. A bola desviou no zagueiro e enganou o goleiro, 1 a 0.

Mesmo com a vantagem fora de casa, o Grêmio não era incomodado e ampliou o marcador aos 20 minutos. Em cobrança de falta, Edílson bateu por fora da barreira e venceu Banguera, 2 a 0.

Com uma vantagem extremamente confortável, o Tricolor recuou no campo defensivo e chamou o Barcelona. Apesar de ficar com a posse de bola, o time euqatoriano não conseguia criar absolutamente nada e não levou nenhum perigo ao gol de Marcelo Grohe.

Segundo Tempo

Insatisfeito com a postura da equipe, Guillermo Almada promoveu as entradas de Ayovi e Marcos Caicedo para mudar o panorama da partida. Nos primeiros três minutos, o Barcelona criou duas chances e parou no goleiro Marcelo Grohe. Na primeira ele defendeu a finalização de calcanhar de Díaz. Na última e mais clara, Ariel chutou da pequena área e o goleiro gremista defendeu de maneira espetacular.

Com o rival mais exposto, o Grêmio aproveitou o espaço e chegou ao terceiro gol. Edílson deixou o marcador na saudade e tocou para Luan, sem marcação, encher o pé e marcar o segundo dele no confronto, 3 a 0.

Após o terceiro gol Gaúcho, o jogo caiu na intensidade e poucos lances de perigo foram criados. A parte positiva foi a torcida do Barcelona, que mesmo com o time batido dentro das quatro linhas, não parou de cantar nas arquibancadas.

FICHA TÉCNICA

BARCELONA 0 x 3 GRÊMIO
Local: Estádio Monumental, Guayaquil (EQU)
Data-Hora: 25/10/2017 – 21h45
Árbitro: Nestor Pitana (ARG)
Auxiliares: Hernan Maidana (ARG) Juan Pablo Belatti (ARG)
Público/renda: pagantes/R$
Cartões amarelos: Beder Caicedo (BAR) Lucas Barrios(GRE)
Cartões vermelhos: –
Gols: Luan (07’/1ºT) Edílson (20’/1ºT) Luan (07’/2ºT)

BARCELONA: Banguera; Bruno Velasco, Luis Caicedo, Arreaga e Beder Caicedo; Minda, Oyola, Esterilla (Ayovi, aos 0/2ºT), Damian Díaz e Vera (Marcos Caicedo, aos 0/2ºT); Ariel (Erick Castillo, aos 23/2ºT). Técnico: Guillermo Almada.
GRÊMIO: Marcelo Grohe; EdÍlson (Léo Moura, aos 13/2ºT), Pedro Geromel, Kannemann e Cortez; Jailson (Michel, aos 32/2ºT), Arthur, Ramiro, Fernandinho e Luan; Lucas Barrios (Cícero, aos 35/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte