Publicada em 26/10/2017, às 14:56

De cara nova com Levir, Santos vai provar do seu antigo "veneno" no clássico

Saiba como o Peixe vai fazer para encarar o ex-técnico Dorival Júnior, no sábado

Dorival enfrenta o Santos pela primeira vez após demissão (Foto: Erico Leonan / site oficial do SPFC)

Um velho conhecido dos atletas e da torcida do Santos será reencontrado no clássico contra o São Paulo, neste sábado, às 17h, no Pacaembu: Dorival Júnior. Pela primeira vez desde que foi demitido do Peixe, no começo de junho deste ano, o técnico enfrentará o ex-clube. Para o Santos, isso pode pesar tanto a favor como contra.

Isso porque os jogadores do Santos conhecem o trabalho e o estilo de jogo proposto por Dorival, mas o comandante também sabe das características do elenco santista. Afinal, foram quase dois anos de convivência no CT Rei Pelé.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Um dos líderes do Peixe, o volante Renato, que voltará ao time titular no clássico, esteve com Dorival durante toda sua passagem no Santos. O camisa 8 reconhece a dificuldade de enfrentar um treinador que conhece as forças do grupo, além de apontar algumas qualidades do São Paulo.

– O São Paulo tem muita posse de bola, não rifa a bola, joga mais pelas laterais. Trabalha a bola parada, assim como trabalhávamos com ele. Tem coisas que olhamos que ele fez aqui e faz lá também. Temos respeito muito grande não só pelo Dorival, mas também pelo Lucas (Silvestre, auxiliar), Celso (Rezende, preparador físico)... Mas agora estão do outro lado e vamos procurar fazer o melhor para o Santos. Nossa intenção é encostar no líder. Ele nos conhece e vai dificultar bastante também – disse Renato.

Com Dorival, o Santos jogava um futebol parecido com o do São Paulo de hoje em dia. Uma das poucas mudanças em relação ao estilo de jogo é a formação. No Tricolor, o comandante utiliza um 4-1-4-1, enquanto no Alvinegro o 4-3-3 era o padrão tático.

No clássico deste sábado, porém, o Peixe deve se portar exatamente como as equipes que atuavam contra o time do ex-técnico. Agora sob comando de Levir Culpi, o Santos:

Deixa a bola com o adversário;

Espera para contra-atacar em velocidade;

Aposta muito em jogadas aéreas.

Diante do São Paulo, o Peixe pode contar, além de Renato, com Victor Ferraz e Bruno Henrique, recuperados de lombalgia e desconforto na panturrilha esquerda, respectivamente. A dupla voltou a treinar em campo na última quarta-feira, em treino físico. Levir terá de definir o time nos trabalhos desta quinta e sexta-feira.

O Santos é o terceiro colocado do Brasileiro, com 53 pontos, mesma pontuação do vice-líder Palmeiras. A distância para o líder Corinthians é de seis pontos.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Ricardo Oliveira sobre futuro: 'Quero seguir no Santos'
- Lucas Veríssimo leva terceiro amarelo e desfalca o Santos contra o Flamengo
- Gringos renascem e comandam vitória do Santos sobre o Grêmio
- Elano aposta em Vecchio para encerrar série negativa do Santos
- Leia mais notícias sobre Santos em www.futnet.com.br/santos

Mais sobre - Santos