Publicada em 26/10/2017, às 00:05

Como visitante, Fla vence o Flu e larga na frente nas quartas da Sula

Como visitante, Rubro-Negro vence por 1 a 0 e leva vantagem do empate para a partida de volta. O clássico decisivo será na próxima quarta-feira, às 21h45, de novo Maracanã

Everton foi o autor do gol do Flamengo sobre o Fluminense nesta quarta-feira (Foto: Antonio Marcos)

No sétimo Fla-Flu do ano, o Rubro-Negro largou na frente do Tricolor no confronto pelas quartas de final da Copa Sul-Americana. Nesta quarta-feira, no Estádio do Maracanã, o Flamengo venceu por 1 a 0 a partida de ida.

Como atuou como visitante, o gol de Everton dá ao time de Rueda a vantagem no empate. A volta é no mesmo Maracanã, na próxima quarta-feira, às 21h45.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



O Tricolor, por sua vez, força a decisão por pênaltis se vencer por 1 a 0 o próximo clássico. Qualquer outra vitória dá a classificação ao Fluminense.

O JOGO

Para times que já haviam se enfrentado seis vezes em 2017, sobrou cautela e estudo e faltou agressividade nos primeiros 20 minutos. O principal fato desse período foi a lesão de Réver, que levou a pior em dividida com Marcos Junior. O capitão do Flamengo deu lugar a Rhodolfo, que atuou com segurança.



Apesar da intimidade entre os rivais, o Fluminense foi surpreendido por uma das armas rubro-negras mais conhecidas: a infiltração de Willian Arão na área rival. O meia avançou sozinho e finalizou cruzado após ótimo passe de Everton Ribeiro. No rebote de Diego Cavalieri, o outro Everton do Flamengo completou para o fundo da rede: 1 a 0.

Diego ditou o ritmo da partida. O camisa 10 deu bons passes e, quando se aproximou de Everton Ribeiro, o Flamengo rondou a área do Tricolor, mas as finalizações não foram boas. Por outro lado, faltou inspiração, aproximação, ultrapassagens... Ou seja, quase tudo ao setor ofensivo do time de Abel. A única ação de perigo saiu dos pés de Marcos Junior. O passe por elevação encontrou Henrique Dourado na área, mas o chute forte de direita parou em Diego Alves

O técnico do Flu não fez mudanças no intervalo, mas o time voltou com outra postura. Os laterais Lucas e Marlon, enfim, começaram a ser opções e o Flamengo foi cedendo campo ao Tricolor. Depois da bola na trave de Marcos Junior, Scarpa arriscou de fora e obrigou Diego Alves a fazer mais uma bela defesa.

Abel lançou o Fluminense ao ataque com as entradas de Wendel e Wellington Silva. Rueda respondeu com a entrada de Márcio Araújo. O Flamengo, já mostrando acomodação com a vantagem mínima, adotou postura ainda mais defensiva.

Com o jogo perto do fim, o ritmo das equipes foi caindo. O Rubro-Negro não aproveitou os contra-ataques. A melhor chance em falta cobrada da intermediária. Juan, em posição legal, subiu sozinho, mas acertou a trave. O Flu não criou grande chance e terá 90 minutos para buscar a classificação na volta.

FLUMINENSE 0X1 FLAMENGO
QUARTAS DE FINAL DA COPA SUL-AMERICANA - JOGO DE IDA

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 25/10/2017, às 21h45
​Árbitro: Mário Díaz de Vivar (PAR)
Assistentes: Milciades Saldivar (PAR) e Darío Gaona (PAR)
Renda/Público: R$ 1.208.050,00 / 27.014 pagantes (30.966 presentes)

Cartão amarelo: Marcos Junior, Wellington Silva e Renato Chaves (FLU); Lucas Paquetá, Trauco e Pará(FLA)
Cartão vermelho: Não houve.

Gols: Everton (26'/1ºT)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Lucas, Renato Chaves, Reginaldo e Marlon (Robinho, 38'/2ºT); Richard, Orejuela (Wendel, 18'/2ºT), Sornoza e Gustavo Scarpa; Marcos Junior (Wellington Silva, 28'/2ºT) e Henrique Dourado - T: Abel Braga.

FLAMENGO: Diego Alves; Pará, Réver (Rhodolfo, 15'/1ºT), Juan e Trauco; Cuéllar, Willian Arão e Diego; Everton Ribeiro, Everton (Márcio Araújo, 32'/2ºT) e Lucas Paquetá (Felipe Vizeu, 40'/2ºT) - T: Reinaldo Rueda.

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte