Publicada em 23/10/2017, às 14:42

Grêmio esquece derrota e diz que tropeço não influi na Libertadores: "Fica na Arena"

Renato Gaúcho vira a chave e diz que só tem "Barcelona no voo" para o Equador. Vice de futebol Odorico Roman vê time em ascensão e minimiza oscilação no Brasileirão

Renato minimiza atuação ruim de reservas (Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio)

A má atuação do time reserva do Grêmio, com direito a derrota para o Palmeiras por 3 a 1 na Arena, neste domingo, ficou no passado. Ou melhor, permanece em Porto Alegre. É o que afirma o técnico Renato Portaluppi, ao projetar o confronto diante do Barcelona-EQU, em Guayaquil, pelo duelo de ida das semifinais da Copa Libertadores.

"Essa derrota fica aqui hoje (domingo) na Arena. No voo só tem Barcelona, nosso jogo pela Libertadores" (Renato Gaúcho)

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Assim que encerrou a partida deste domingo, Renato virou a chave. E disse que o grupo do Grêmio embarca (o que ocorreu durante a madrugada) para o Equador somente com o adversário da próxima quarta-feira na cabeça.

– Essa derrota fica aqui hoje (domingo) na Arena. No voo só tem Barcelona, nosso jogo pela Libertadores. O Grêmio é o único representante do futebol brasileiro na competição. Não é nenhuma desculpa, mas esse jogo fica aqui dentro da Arena – decreta Renato.

Desde sempre o Grêmio deixou claro no planejamento que o foco era a partida contra a equipe sul-americana. Tanto que Renato escalou equipe reserva no confronto deste domingo. Somente Luan e Michel, do time titular, estiveram em campo. E somente jogaram para… adquirir ritmo para o duelo em Guayaquil.



Oscilação não preocupa

Embora tenha obtido o segundo melhor retrospecto no primeiro turno do Brasileirão, somente atrás do Corinthians, a direção do Grêmio não vê preocupação com a queda de desempenho no segundo turno, no qual conta com apenas a 17ª campanha. Pelo contrário. A análise interna é de que o time se encontra em ascensão – boa parte pelo esvaziamento do departamento médico.

"O Grêmio está em uma ascendente novamente. Vejo o time em ascensão" (Odorico Roman, vice de futebol)

Ao traçar um paralelo comparativo com o próprio Barcelona-EQU, o vice de futebol Odorico Roman lembra que o clube rival também sofre na competição nacional do seu país. Atualmente, é o nono colocado na tabela, com apenas duas vitórias em 13 jogos, e não vence a oito.

– Cada time tem seus problemas, suas questões. O Barcelona também tem e passa por oscilação na competição nacional. Nós vamos chegar em uma situação melhor do que estávamos há algumas semanas. O Grêmio vai ao Equador com condição de fazer um bom jogo e, quem sabe, com a possibilidade de fazer um bom resultado. O Grêmio está em uma ascendente novamente. Vejo o time em ascensão – ressalta Roman.

Para o jogo desta quarta-feira, o Grêmio terá grupo praticamente completo. Renato somente não poderá contar com Bruno Rodrigo, substituído no intervalo contra o Palmeiras, e que ficou de fora da lista de relacionados para a viagem. Além, é claro, de Douglas, que passou por nova cirurgia no joelho e não joga desde fevereiro.

O Grêmio fará dois treinos em solo equatoriano antes da decisão contra o Barcelona-EQU. O confronto contra os equatorianos ocorre às 21h45 (de Brasília) de quarta-feira, no Monumental de Barcelona, em Guayaquil. O jogo de volta está marcado para o dia 1º de novembro, no mesmo horário, em Porto Alegre.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte