Publicada em 22/10/2017, às 14:33

Guto vibra com acerto em trocas e diz que Inter foi competente para "matar o jogo"

Técnico valoriza vitória por 3 a 2 diante da equipe catarinense. Por outro lado, treinador ficou incomodado por pergunta sobre queda de desempenho no segundo tempo

Guto Ferreira, técnico do Inter (Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG)

Nem a vitória por 3 a 2 sobre o Criciúma serviu para tranquilizar Guto Ferreira, neste sábado, no Heriberto Hülse. Apesar da alegria no acerto das substituições de Camilo e Carlos, que protagonizaram o lance que garantiu os três pontos, o técnico deixou explícito o incômodo com um questionamento sobre o retorno do Inter após o intervalo.

Na partida, o Colorado entrou disposto a garantir o resultado positivo. Em 15 minutos, já tinha aberto 2 a 0, com Maicon Silva (contra) e Víctor Cuesta. Parecia que uma goleada seria imposta. Ocorre que o Tigre conseguiu o empate. Em busca da vitória, Guto promoveu duas trocas. Substituiu D'Alessandro e William Pottker para as entradas de Camilo e Carlos, respectivamente. Deu certo. Aos 38 da etapa final, Camilo lançou Carlos, que garantiu os três pontos.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



- A equipe tinha corrido bastante no campo pesado de Varginha. Os jogadores começavam a demonstrar certo desgaste. Fomos felizes com a substituição. Crescemos e marcamos. Tivemos uma grande vitória. Nos últimos 14 jogos, são 11 vitórias. Uma média bastante grande, mas temos que seguir porque não há nada garantido. (Estamos) Cada vez mais perto, mas nada garantido - destacou Guto.

Guto voltou elogiar o rendimento do time. O técnico gostou da produção em grande parte do embate no Heriberto Hülse. Ocorre que, as oportunidades criadas, não acabaram convertidas. Com a necessidade de buscar o resultado, o adversário diminuiu e acordou. Apesar disso, celebrou o espírito de luta para não se abater e confirmar a vitória.

- Em boa parte do jogo, fizemos uma partida muito boa, mas o time não sustentou. Sabíamos as dificuldades do jogo. Quando está com 2 a 0 contra, não há nada a perder. O Criciúma, organizadamente, se atirou. Marcou de bola parada e ganhou confiança. Não matamos o jogo. Isso apagaria a chama deles. Eles voltaram mais fortes no intervalo, mas retomamos e vencemos a partida - analisou.

Incômodo com pergunta

Já ao término da coletiva, um repórter abordou o treinador se a "vitória mascararia o início do segundo tempo, quando o Criciúma quase conseguiu a virada". Guto evitou alterar o tom de voz, mas não escondou o desconforto com a pergunta:

- Não sei porque não se enfatiza a liderança e vitória e se pega uma situação difícil da equipe. O momento foi do Inter. Ocorreu que o Criciúma não teve a competência de vencer, mas o Inter teve. Você precisa enfatizar a competência do Inter.

Com o resultado, o Inter soma 61 pontos e lidera a Série B. Na próxima rodada, a equipe enfrenta o Ceará. A partida será no próximo sábado, às 17h30, no Beira-Rio.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Inter faz proposta e se aproxima de acerto com Roger como reforço para 2018
- Sócios do Inter terão acesso gratuito em despedida da Série B no Beira-Rio
- Camilo e Pottker destacam parceria em vitória do Internacional
- Após vitória, nem jogadores do Inter entendem gol anulado: "Apitou e paramos"
- Leia mais notícias sobre Internacional em www.futnet.com.br/internacional

Mais sobre - Internacional