Publicada em 20/10/2017, às 16:30

Guto vê chance de "eliminar" Criciúma e valoriza time mais sólido com reforços

Técnico diz que Inter pode travar busca do Tigre pelo G-4, ao abrir 19 pontos do rival; equipe terá retornos de Rodrigo Dourado, Edenílson, Eduardo Sasha e Leandro Damião

Guto Ferreira comemora ter time praticamente completo (Foto: Eduardo Deconto)

Guto Ferreira evita tecer projeções concretas de uma rodada específica para garantir o acesso antecipado, mesmo com o Inter na liderança isolada da Série B. O treinador conduz seu planejamento jogo a jogo, mas com um foco especial para encarar o Criciúma, neste sábado, às 16h30, no Heriberto Hülse, pela 31ª rodada. O comandante vê na partida uma chance de esgotar de vez a possibilidade de o rival ultrapassar o Colorado na tabela.

O plano é feito com base na matemática. Na ponta da tabela, o Inter soma 58 pontos, com 16 de vantagem ao Tigre, nono com 42. Em caso de triunfo, a equipe abre 19 pontos de margem, com apenas sete rodadas e 21 pontos em disputa. Assim, o Colorado praticamente “elimina” um rival a mais na sua saga para retornar à elite. De quebra, ainda tem chance de alcançar a meta de 66 pontos estipulada por Guto no Beira-Rio, com dois jogos em sequência – contra Ceará e CRB – dentro de casa.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



– Passa inicialmente por vencer em Criciúma. Depois, pensamos no próximo. Esse jogo é de suma importância sob vários aspectos. Existe na rodada outros confrontos de equipes que estão brigando em cima, e a gente estaria travando o Criciúma de uma situação de busca, além de diminuir a margem de jogos para se buscar uma ultrapassagem por parte das outras equipes. Isso é de suma importância – afirmou o treinador, na entrevista coletiva desta sexta-feira.

Números à parte, Guto tem motivos de sobra para confiar em um bom desempenho de sua equipe, apósa fraca atuação contra o Boa Esporte. Neste sábado, o Inter contará com os retornos de Rodrigo Dourado, Edenílson, Eduardo Sasha e Leandro Damião à formação titular – há ainda a baixa de Cláudio Winck, que, suspenso, dará lugar a Alemão.



Ao passo que os reforços deixam a equipe mais sólida, o Colorado ainda terá o apoio em massa de sua torcida. O setor dos visitantes do Heriberto Hülse foi ampliado de 2 mil para 4,8 mil torcedores.

– Essa maioria de torcida é relativo. O mando é deles, embora tenham dobrado a capacidade para a torcida do Inter. A torcida do Criciúma é atuante, comparece. Esses jogos acabam criando uma rivalidade. Jogar em Criciúma é sempre muito difícil. A gente tem que fazer grande jogo – ressaltou o técnico.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte