Publicada em 18/10/2017, às 23:42

'Tem que manter isso aí, viu?': Timão fica no empate com Grêmio na Arena

Se na política brasileira a semana não apresentou muitas novidades, também foi assim na rodada do Campeonato Brasileiro. Líderes empatam e diferença continua de nove pontos

Corinthians e Grêmio empataram e vantagem permanece em nove pontos (Foto: GUGA GERCHMANN/RAW IMAGE)

Esta semana não trouxe muitas novidades na política. Teve senador acusado de receber propina que foi abraçado de volta por seus amigos, teve presidente que viu os amigos deputados salvarem sua pele mesmo sob a acusação de organização criminosa... enfim, tudo no espírito do "tem que manter isso aí, viu?". Se a política brasileira segue na mesma, o Campeonato Brasileiro repetiu o mantra. Nesta quarta-feira, no duelo entre os líderes, Corinthians e Grêmio empataram em 0 a 0 e mantiveram em nove pontos a vantagem alvinegra na tabela.

Em Itaquera, a torcida corintiana não quis saber de diplomacia. Pediu "sangue no olho e tapa na orelha", cantou o nome dos jogadores um a um e incentivou no jogo em que havia risco real do Brasileirão mudar de panorama se a distância para os gaúchos diminuísse. Havia pressão, mas não houve muito futebol. Teve chute de fora da área de Rodriguinho, teve batida cruzada de Edílson após passe de Luan, teve pedido de pênalti após corte de Geromel e teve cabeceio perigoso de Jô após cobrança de falta de Jadson. Só não teve gol.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



O jogo começou muito disputado, mas rapidamente caiu na mesmice, com o Grêmio apostando nas jogadas laterais e o Timão tentando centralizar. Quando viu que a receita não renderia gol, o ministro - digo, técnico, Fábio Carille apostou na velocidade de Clayson e Marquinhos Gabriel para surpreender na etapa complementar e esquentar o jogo, que naquela hora estava morno, morno.

E quem esquentou de verdade o duelo na Arena Corinthians foi o Grêmio. Após falta cometida por Fagner em Everton no lado esquerdo do ataque visitante, Edílson cobrou com maestria, mas a bola bateu no travessão de Cássio. Renato Gaúcho tentou agitar a partida com Jael, mas não era dia de gols. Para o Corinthians, bom resultado. Para o Grêmio, uma rodada a menos pelo sonho do título.

À espera do Santos, que pode diminuir para sete pontos a distância para a liderança no complemento da 29ª rodada, o Corinthians volta a jogar só dia 23, contra o Botafogo. O Grêmio, por sua vez, entra em campo no domingo, contra o Palmeiras.





FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 0 X 0 GRÊMIO

Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
Data-Hora: 18/10/2017 - 21h45
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)
Público/renda: 40.008 pagantes/R$ 2.231.124,40
Cartões amarelos: Fagner (COR), Barrios (GRE)
Cartões vermelhos: -
Gols: -

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique, Guilherme Arana; Gabriel (Fellipe Bastos, aos 30'/2ºT) e Maycon; Jadson (Clayson, aos 18'/2ºT), Rodriguinho e Romero (Marquinhos Gabriel, aos 25'/2ºT); Jô. Técnico: Fábio Carille.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edilson, Pedro Geromel, Kannemann e Cortez; Arthur, Jailson e Ramiro; Luan (Everton, aos 29'/2ºT), Fernandinho (Beto da Silva, aos 30'/2ºT) e Lucas Barrios (Jael, aos 37'/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho.

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte

Últimas