Publicada em 18/10/2017, às 13:44

De olho no clássico, Roger Bernardo celebra oportunidade entre os titulares

Como titular, retrospecto do volante é muito bom e animador para a partida desta quarta-feira diante da Chapecoense

Roger Bernardo deve começar jogando diante da Chapecoense (Foto: Bruno Cantini)

Desde que chegou ao Atlético-MG, na metade da temporada 2017, Roger Bernardo não vem sendo muito aproveitado. Foram apenas oito jogos, sendo cinco deles como titular. E o restrospecto do volante é muito bom. Foram quatro vitórias e apenas uma derrota quando ele começa as partidas. Fato animador, já que deverá ser titular na partida desta quarta-feira, contra a Chapecoense, às 21h (de Brasília), no Independência.

No treino dessa terça-feira, o único do Atlético-MG aberto para a imprensa antes do jogo contra a Chape, Oswaldo de Oliveira tirou Adilson do time e colocou Roger Bernardo como companheiro de Elias. Vindo de dois bons jogos, o volante celebrou a boa atuação individual e coletivamente, que lhe renderam uma vaga para o jogo desta quarta.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



- Graças a Deus nós tivemos uma boa atuação. Não só minha individualmente, mas creio que foi uma das melhores partidas desde que cheguei. Não porque joguei, porque estava atuando, mas assim, de determinação, desde o primeiro minuto querer a vitória. Se for o escolhido amanhã vou tentar jogar da mesma maneira que jogo sempre, como joguei contra o São Paulo, e nos outros jogos, em que procurei atuar com raça, com o jeito que sei jogar.

Outro clássico à vista



Logo após a Chape, o Galo terá o clássico contra o Cruzeiro pela frente, e a lista de pendurados é grande. Roger Bernardo não está nela, mas Adilson, concorrente direto pela posição, está, além de Fred, outro titular. Ele não esconde a vontade de jogar o principal jogo de Minas Gerais, mas foca na Chape primeiro.

- Creio que a gente tem que pensar jogo a jogo. Primeiro a gente tem que pensar na Chapecoense, para depois pensar no clássico. É difícil pra quem tá pendurado, porque todo mundo quer jogar o clássico, mas faz parte do futebol. Então, vamos deixar como que está e ver o que vai acontecer. Vamos tentar manter o máximo de jogadores possíveis disponíveis pro clássico, mas primeiramente temos pensado na Chapecoense.

No clássico do primeiro turno, vencido pelo Atlético-MG por 3 a 1, Roger Bernardo foi titular e um dos melhores do Galo no triunfo.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte