Publicada em 18/10/2017, às 22:34

Bernard diz que prefere Galo caso volte ao Brasil; clube vê salário "fora dos padrões"

Meia tem contrato com o Shakhtar Donetsk até o meio da temporada 2018 e ainda não definiu o futuro; Atlético-MG garante que não houve, até aqui, nenhuma conversa

Bernard diz que dará preferência ao Atlético-MG em caso de retorno ao futebol brasileiro (Foto: Bruno Cantini / Site Oficial do Atlético-MG)

Desde que Bernard saiu do Atlético-MG, em 2013, com destino ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, parte da torcida sonha com sua volta. Revelado no clube, o meia jogou muito bem com a camisa atleticana e foi importantíssimo nas campanhas de 2012 e 2013, sendo coroado com o título da Libertadores, como um dos protagonistas. Não há nenhuma negociação para o atleta voltar à Cidade do Galo, pelo menos por enquanto, mas o desejo por parte dele existe. E o momento é propício, já que o fim do contrato do meia com o Shakhtar vai até o meio de 2018.

Bernard deu entrevista ao "Tá na Área", do Sportv, e ressaltou que dará preferência ao Galo em caso de retorno ao futebol brasileiro. Fez questão, porém, de não fechar as portas para outros clubes.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



- Lógico que pelo Atlético eu tenho um carinho enorme, eu tenho preferência em voltar por tudo o que eu conquistei, foi um clube que me deu oportunidade de mostrar o meu valor, o meu futebol. É lógico que eu tenho essa preferência. Mas não dá para saber. Vai que também eles, num futuro próximo, às vezes não esperam aquilo de mim, ou não esperam que eu possa render dentro do clube. Então eu acho que o atleta de futebol tem que estar sempre preparado para novas metas, novos objetivos. Como eu disse antes, jogador não pode fechar porta em nenhum lugar. Interesse é sempre bem-vindo. O que importa é o projeto que eles apresentam para o jogador. Não posso dar certeza para o Atlético, e o Atlético não pode dar certeza para mim. Tenho que ter a consciência também que existem outros clubes. Mas com certeza eu tenho um desejo enorme de voltar para o Atlético e, quem sabe, isso possa a vir a acontecer no futuro.

A volta de Bernard, porém, não é nada simples. Além da possibilidade de renovação de contrato com o Shakhtar, o alto salário é um complicador. O clube, por meio do diretor de comunicação Domênico Bhering - que também exerce, até o fim do ano, a função de diretor de futebol -, esclareceu que não existe nenhuma conversa entre o clube e o atleta. Domênico disse que Bernard fez história no Galo e tem as portas abertas, mas destacou que o salário atual, recebido por ele no Shakhtar, é "fora dos padrões" do alvinegro.



Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte