Publicada em 18/10/2017, às 13:40

Arrascaeta revê ex-treinador em momento de turbulência: "Faz parte do futebol"

Partida desta quarta-feira pode complicar ainda mais a situação do time paranaense e do treinador bicampeão brasileiro com o Cruzeiro em 2013 e 2014

Marcelo Oliveira Cruzeiro Arrascaeta (Foto: Maurício Paulucci)

Cruzeiro e Coritiba, adversários desta quarta-feira pelo Brasileiro, no Couto Pereira, às 19h30 (de Brasília), vivem dias de definição em termos de treinadores. Enquanto o clube mineiro tenta manter Mano Menezes para a próxima temporada, o parananse tem Marcelo Oliveira obrigado a dar uma resposta em campo para continuar no comando do time. E no duelo de quarta-feira o comandante do Coxa vai reencontrar Arrascaeta: foi ele quem deu o aval para o Cruzeiro contratá-lo em 2015.

Dois anos depois, uruguaio pode ajudar a terminar o ciclo de Marcelo Oliveira no Coritiba. O meia avalia que, no futebol, não tem como ser diferente.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



- Acho que isso faz parte do futebol. Temos que pensar na nossa equipe, não podemos pensar no outro time. Temos que seguir focados em ganhar cada partida. O que acontece no outro clube não é da nossa parte.

Arrascaeta será titular do Cruzeiro novamente, após voltar da seleção uruguaia, com a qual se classificou para a Copa do Mundo da Rússia 2018. Entrará na vaga de Alisson, que, segundo o Cruzeiro, sente dores musculares.

- Tem que estar todo mundo atento, tratando de dar o melhor. Não tem jogo fácil, tem que encarar cada jogo como uma final. Todo mundo está encarando os jogos como final - garantiu o meia.

Mesmo que timidamente, o Cruzeiro ainda sonha com o título do Brasileiro. São 11 pontos de diferença para o líder Corinthians (47 contra 58). O jogo válido pela 29ª poderá aumentar ou diminuir o sonho cruzeirense - e, também, a turbulência no Coritiba.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte