Publicada em 16/10/2017, às 14:46

Marcelo Oliveira profetiza gol de Ramiro em vitória do Grêmio e elogia: "Matador"

Em brincadeira no vestiário, lateral faz profecia de triunfo com gol do colega; Renato elogia entrega do volante ao atuar fora de posição no 1 a 0 sobre o Coritiba, no domingo

Ramiro marcou o gol da vitória do Grêmio (Foto: Giuliano Gomes/ Agência PR PRESS)

lance nasceu de uma assistência inusitada, em passe dado por Jael caído no gramado, mas o gol de Ramiro, nos minutos finais da vitória do Grêmio por 1 a 0 sobre o Coritiba, no último domingo, pela 28ª rodada do Brasileirão, já estava escrito em uma brincadeira de Marcelo Oliveira. No aquecimento antes da partida, no vestiário do Couto Pereira, o lateral-esquerdo profetizou o tento do companheiro em entrevista à Grêmio TV.

Nas imagens, divulgadas pelo clube nesta segunda-feira, Oliveira aponta para o companheiro e diz:

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



– Vamos ganhar com certeza, o Ramiro está de volta. Mostra ele ali, mostra o Ramiro ali. Mostra o Ramiro, ele vai fazer um gol.

A resposta do volante, entre risos, foi sincera: "Olha a pressão para cima de mim". Mais tarde, já após a vitória, a dupla aparece lado a lado no vestiário do Couto Pereira. O lateral, claro, tece elogios ao companheiro, chamado de "matador. E Ramiro agradece pelo momento especial.



– O matador do jogo. O que aconteceu antes do jogo, explica aí – diz Marcelo Oliveira.

– É um momento especial, estávamos na preparação. O Marcelo Olivera, vulgo Celo, profetizou uma vitória com o gol meu – completa Ramiro.

Brincadeiras e profecias à parte, Ramiro cumpriu uma função especial em seu retorno ao time, após ser baixa por um edema muscular, para anotar seu 10º gol na temporada. Ainda sem Luan, Renato Portaluppi optou por alterar o esquema do Grêmio do habitual 4-2-3-1 para o 4-1-4-1, diante da ausência de um meia armador. Assim, conseguiu adaptar sua equipe sem sacrificar tanto o volante e Arthur em uma posição centralizada na linha de meias.

– (O Ramiro) é dedicado, tem o orgulho de vestir a camisa do Grêmio, gosta. Quer ajudar. Falei que precisava dele ali no meio, porque tínhamos a dificuldade. Não coloquei ele como meia, por isso no 4-1-4-1. Porque prendi o Jailson, soltei mais o Arthur e o Ramiro de trás. Para não colocar jogando de costas. São as soluções que procuro achar. Não adianta quebrar cabeça para não encontrar um jogador sendo da posição, é porque a coisa está feia. Tentei com os garotos, vão nos ajudar, mas são verdes. Não adianta coloca a responsabilidade neles – afirma Renato.

Após a vitória, o Grêmio segue em Curitiba, onde faz dois treinos antes de embarcar para São Paulo para enfrentar o Corinthians, na próxima quarta-feira, às 21h45, pela 29ª rodada do Brasileirão. O Tricolor é o vice-líder da competição com 49 pontos, mas pode ser ultrapassado pelo Santos, que recebe o Vitória no Pacaembu nesta segunda-feira, às 20h.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte