Publicada em 13/10/2017, às 22:28

Renato adia conversa com elenco e olha "lado bom" em turbulência do Grêmio

Técnico lembra que Tricolor está à frente de equipes focadas só no Brasileirão e com maiores investimentos na temporada

Renato Gaúcho apontou o "lado bom" do Grêmio (Foto: Eduardo Moura/GloboEsporte.com)

A irregularidade apresentada pelo Grêmio nos últimos meses, especialmente no returno do Brasileirão, preocupa. A ponto de Renato ter marcado uma conversa para esta sexta com os jogadores. No entanto, por conta dos compromissos e da viagem ao Paraná, onde o time enfrentará o Coritiba no domingo, o treinador adiou o papo. Em sua entrevista coletiva, o técnico também fez questão de lembrar que o Tricolor ainda está na frente de equipes com um investimento maior na temporada.

A ideia era reunir o elenco antes do treino desta sexta. Mas houve pouco tempo, já que a atividade foi às 15h e os jogadores ainda tinham que jantar antes de seguir ao aeroporto para a viagem para Curitiba. Assim, a conversa irá ocorrer no hotel, na capital paranaense. Depois da derrota para o Cruzeiro, Renato havia prometido cobrar o grupo.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



- Não teve porque está meio corrido. Tivemos que treinar, tem chuva, voo, jantar. A conversa ficou para Curitiba. Vamos estar concentrados, teremos tempo. Lá converso com o grupo. É uma conversa boa, troca de ideias, sobre o momento. Ver o que posso passar para eles, escutar alguma coisa. Já que estamos chegando em uma fase decisiva não só do Brasileiro, mas da Libertadores - justificou o treinador.

Na entrevista, Renato também lembrou que o Grêmio segue no G-4 do Brasileirão, que é o objetivo para a competição após a briga pelo título ficar distante. Em quarto lugar, está acima de equipes com mais investimento, segundo o comandante, como Flamengo e Palmeiras, com contratações renomadas e caras, mas sem resultado prático. O Verdão inclusive demitiu Cuca nesta sexta.

- É difícil até para mim. Estamos com vários problemas. Até pouco tempo atrás, o Brasil elogiava o Grêmio. Se tivéssemos todas as peças, posso garantir que íamos continuar o jogo maravilhoso. Mas tem outro lado, o Grêmio basicamente perdeu 70% do time por causa das lesões e é o quarto. Continua o único brasileiro na Libertadores. Tem um peso muito grande. Têm muitas equipes fortes e com grandes contratações que só disputam o Brasileiro e estão atrás do Grêmio. Temos que ver o lado bom - apontou o treinador.





O Grêmio viajou para Curitiba na noite de sexta-feira. Ficará na capital paranaense para o jogo com o Coritiba, às 19h de domingo, e viaja na terça direto para São Paulo, onde enfrenta o Corinthians, na quarta. Ramiro reforça a equipe neste domingo, após desfalcar a equipe com edema na coxa esquerda.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Grêmio