Publicada em 13/10/2017, às 16:28

Luan cede e aceita salário, mas renovação com Grêmio depende de ajustes

Clube e jogador chegaram a acordo sobre vencimentos; multa rescisória e forma de pagamento da diferença retroativa são principais pontos a discutir a partir de agora

Luan aceitou salário oferecido pelo Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio)

O Grêmio e Luan deram mais um passo rumo à renovação de contrato. O camisa 7 gremista, atualmente em recuperação de lesão muscular, aceitou a oferta salarial feita pelo clube gaúcho no novo vínculo. Agora, outros pontos são centrais nas negociações: o valor da multa rescisória e a forma de pagamento da quantia que será paga pelos vencimentos retroativos a janeiro.

Os dirigentes gremistas se mostraram irredutíveis na oferta ao jogador. Luan queria ser o salário mais alto do clube. No entanto, cedeu a um meio termo, acima do oferecido inicialmente, e chegou ao acordo. Reduziu sua pedida para desatar uma nó na negociação que já se arrasta há alguns meses.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Mas as negociações não param por aí. O salário acertado será retroativo a janeiro. Luan quer receber a diferença à vista, na assinatura do vínculo até 2021. O Grêmio tem como intenção diluir a quantia no tempo total de contrato. Só que, por segurança, a parte do atleta entende que é melhor receber o dinheiro imediatamente, já que tem garantia de que ele não será vendido em janeiro, por exemplo. O acordo prevê ainda um gatilho de valorização salarial após o primeiro ano e depois do terceiro ano.

A multa rescisória também é outro ponto de discussão. O Grêmio quer fixá-la em 25 milhões de euros (cerca de R$ 93,4 milhões, na cotação atual). O empresário Jair Peixoto entende que o valor é muito alto, acima do mercado. É outro ponto que o Grêmio segue irredutível.

Na última janela de transferências, Luan recebeu proposta do Sampdoria, da Itália, e do Spartak Moscou, da Rússia. Essa última foi aceita pelo Grêmio, mas o atacante optou por não jogar no futebol russo. Na sequência, os russos fizeram uma proposta por Pedro Rocha e o contrataram por 12 milhões de euros (R$ 44 milhões).



A renovação, portanto, segue ainda atada a novas reuniões. O bom é que um dos pontos centrais foi definido. Enquanto isso, Luan ainda se recupera de lesão muscular e apenas corre no gramado do CT Luiz Carvalho. Ele já iniciou trabalho de fisioterapia com bola na última quinta-feira e é cotado para enfrentar o Corinthians, dia 18. No Tricolor, todos dizem que ele estará em campo contra o Barcelona, dia 25, pela semifinal da Libertadores, em Guayaquil.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte