Publicada em 13/10/2017, às 17:30

D'Ale se orgulha de campanha do Inter na Série B e diz que "não estaria no Z-4" na A

Argentino valoriza momento atual do Inter, com 11 vitórias em 13 jogos, e cita oscilação e jogo de "igual para igual" para projetar situação hipotética com o Colorado na elite

D'Ale afirma que Inter não brigaria contra o rebaixamento na Série A (Foto: Eduardo Deconto)

O Inter engatou uma sequência de 11 vitórias em 13 jogos para assumir a liderança isolada, com certa folga, na Série B e praticamente encaminhar seu retorno à elite nacional. E a campanha enche de orgulho o capitão da equipe, D'Alessandro. O gringo valoriza tanto o bom momento vivenciado pela equipe de Guto Ferreira que chega a projetar, em uma situação hipotética, que o Colorado não brigaria contra o rebaixamento na Série A do Brasileirão.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o argentino ainda lembrou o início turbulento na temporada, com direito a protestos violentos da torcida e vaias até a ele, ídolo máximo do elenco colorado. O camisa 10 vibra com a fase atual, mas sempre com a ressalva de que é preciso manter o ritmo até garantir, de fato, o tão sonhado acesso.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



– Nos encontramos em um momento bom, depois de um começo difícil. Eu bato nessa tecla porque não podemos esquecer o que passamos nos primeiros meses. Junto com a comissão, conseguimos uma virada importante, uma campanha muito boa. Que de repente por alguns setores não é muito valorizada, mas que no futebol diz muito. Ganhar 11 de 13 diz muito. O líder estava a sete pontos na nossa frente, pegamos e tiramos mais seis deles. A Série B é o que nos toca. É a história que a gente tem que viver e temos muito orgulho disso. O que estamos fazendo não acabou. Falta um pouquinho para cumprir o acesso – afirma D'Alessandro.

Além do número expressivo da equipe em 2017, D'Ale cita a oscilação dos times da Série A para sustentar sua análise. De acordo com o argentino, as grandes equipes do futebol brasilerio costumam jogar de igual para igual, com mais espaços para construir as jogadas de ataque e contra-atacar.



–Na Série A, eu assisti a jogos muito bons e a jogos muito ruins, falando de futebol. Assisti ao Fla-Flu, foi um jogo pegado, mas o futebol não foi bom. O futebol está oscilando muito. Os times estão oscilando muito. Não sei onde colocaria o Inter na Série A. Mas teríamos feito bons jogos na Série A, teríamos tido mais espaços para jogar. Os times na Série A jogam de igual para igual, tem mais espaço paara contra-atacar. Seria diferente. Mas acredito que não estaria no Z-4. Acredito. Estaríamos de repente no meio da tabela. Ou um pouquinho mais para cima – analisa.

O Inter é líder isolado da Série B com 57 pontos e só volta a campo na próxima terça-feira, às 19h15, quando encara o Boa Esporte, fora de casa, pela 30ª rodada da competição. O Colorado retoma os treinamentos na manhã deste sábado, no CT do Parque Gigante, e faz uma última atividade no domingo, antes de embarcar em voo fretado rumo a Varginha.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte