Publicada em 13/10/2017, às 14:47

D'Ale adia renovação, mas diz que quer se aposentar no Inter: "Eu mereço isso"

Com contrato até o fim do ano, gringo mantém foco em garantir o retorno à Série A, mas revela desejo de encerrar a carreira no Colorado, a não ser que aconteça algo "de estranho"

D'Ale é o líder em assistências do Inter em 2017 (Foto: Ricardo Duarte/Internacional/Divulgação)

D'Alessandro protela qualquer tratativa com a diretoria colorada sobre a renovação de seu contrato e evita traçar planos concretos para sua carreira em 2018. O gringo dirige seu foco total em consolidar de vez o retorno do Inter à elite, objetivo que concentra todos seus esforços desde que voltou a Porto Alegre, no começo do ano. Mas o camisa 10 já tem bem nítido um desejo para o desfecho de sua carreira: se aposentar defendendo as cores do Colorado.

"Eu não quero confirmar nada, mas a ideia é encerrar a carreira aqui no Inter. Eu tenho quase certeza. Eu preciso disso. Eu mereço isso" (D'Alessandro)

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, D'Ale afirmou que "precisa e merece" pendurar as chuteiras pelo Inter. Não à toa. No clube há 9 anos, o argentino já superou a barreira dos 350 jogos pelo Inter e é o ídolo máximo da torcida colorada, com títulos do quilate do bi da Libertadores em 2010 e a Copa Sul-Americana, em 2008. Mas deixa isso em segundo plano, ao citar seu esforço no dia a dia para vestir a camisa do Colorado.

– Eu não quero confirmar nada, mas a ideia é encerrar a carreira aqui no Inter. Eu tenho quase certeza. Eu preciso disso. Eu mereço isso. E não estou falando de título, de nada. Mereço porque os que trabalham comigo sabem o que eu trabalho, o que eu me esforço para melhorar, quando as coisas não saem bem. O pessoal que trabalha o dia a dia sabe o que eu penso e o que eu ralo para melhorar e continuar trabalhando. Com 36, na altura de um jovem, que vem treinando, 17, 18, eu tenho que não igualar, mas de repente correr perto dele. Tentar puxar a camisa, alguma coisa. Eu estou com essa ideia. O que vai acontecer ano que vem, eu não sei – afirma D'Ale.

O gringo evita anunciar uma data concreta para a apoentadoria. Em entrevista recente à RBS TV, porém, revelou o desejo de atuar por mais ao menos mais dois anos. Antes, bem antes disso, sentará com a diretoria colorada para discutir sua renovação de contrato, que encerra ao final de 2017. Qualquer tratativa, porém, só terá início após o Inter garantir o acesso à Série A.





– Continuamos no mesmo momento que falei com vocês. Isso não quer dizer nada. Obviamente que adiretoria tem que pensar. Existe um planejamento que não pode ser feito um mês antes. Eu não posso pensar no ano que vem. Eu volto a repetir, quero cumprir o objetivo a que me propus quando voltei ao clube. Não quero ganhar nada, não quero ganhar aumento. Tem alguns daí que vão querer deixar que eu quero ganhar aumento. Não. Eu vi que estou negociando por um mês, por um ano. Não tem nada. Eu falo todo o dia com presidente, diretoria. Temos relação muito boa, mas a gente deixa para mais para a frente. Quando cumpir objetivo, quando começar negociação, eu posso falar. Sempre fui claro. Vão saber da minha boca – assegura.

Aos 36 anos, D'Ale já atuou em 44 partidas na temporada, com oito gols marcados e 16 assistências. O elenco colorado retoma os treinamentos na manhã deste sábado, no CT do Parque Gigante, e faz uma última atividade no domingo, antes de embarcar em voo fretado rumo a Varginha. Líder isolado da Série B com 57 pontos, o Inter enfrenta o Boa Esporte às 19h15 da próxima terça-feira, fora de casa, pela 30ª rodada.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Internacional