Publicada em 12/10/2017, às 15:20

Flu leva 55% dos gols no fim contra o Fla, e Abel brinca: "Queria que acabasse aos 40"

Em cinco confrontos na temporada, Tricolor leva nove gols, dos quais cinco após os 30 minutos do segundo tempo. Técnico pede: "É segurar a bola na frente, parar a jogada, valorizar uma falta"

Abelão tenta achar soluções ao Flu (Foto: Nelson Perez/Fluminense FC)

Além de não ter vencido nenhum jogo na temporada, o clássico contra o Flamengo revelou outra dificuldade ao Fluminense: os gols sofridos no fim. Dos nove marcados pelo adversário, cinco foram depois dos 30 minutos do segundo tempo. Um percentual de 55,5% (relembre no vídeo abaixo).

LEIA MAIS

- Jogador do Flu é agredido por torcedores do Fla em noite do vice na Sul-Americana

- Flu busca recursos por Marlon, sondado por outros clubes do Brasil

- Empréstimo, jogadores e melhor oferta de paulistas: o que o Flu quer por Scarpa

- Busca por diretor e assédio: Flu toca o planejamento 2018 em meio a incertezas

- Leia mais notícias sobre Fluminense em www.futnet.com.br/fluminense




Os dados foram analisados por Abel Braga às vésperas do confronto desta quinta-feira, às 17h, no Maracanã, pelo Brasileirão, que pode deixar o time das Laranjeiras na zona do rebaixamento. Para o treinador, que usou do bom humor para fazer uma brincadeira, o time não soube manter o resultado que tinha nos confrontos passados, tanto pelo campeonato nacional e quanto pelo Carioca.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



- Eu gostaria de terminar o jogo com 40 minutos. Isso é concentração, momento. É segurar a bola na frente, parar a jogada, valorizar uma falta, um lateral, um escanteio - comentou.

Só em um o Flu não vazou após os 30 minutos do segundo tempo, a derrota no primeiro jogo da final estadual. Levou dois na finalíssima (vencia), um no da Taça Rio (vencia com reservas), um na decisão da Taça Guanabara (vencia) e um no do primeiro turno do Brasileiro (vencia).



- A equipe tem se portado bem contra o Flamengo. Em Cariacica, todo time suplente. E teve outros que a gente não ganhou pois não deixaram a gente levar. E vou deixar por aí. Ainda não engoli aquela final de campeonato - completou o treinador, ao lembrar do que entende ser falta de Réver em Henrique no gol de Guerrero.

Em 16º lugar, o Tricolor tem 31 pontos, um a mais do que a zona do rebaixamento. Não ganha há cinco jogos.





Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte