Publicada em 12/10/2017, às 00:15

Eficiente, Vasco aproveita chances e bate o Avaí em Florianópolis

Wagner e Andrés Ríos marcam e garantem a terceira vitória fora do Rio no Brasileiro. Argentino é expulso, mas time consegue segurar pressão

Vasco x Avaí (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco)

A eficiência que faltou em muitos jogos do Brasileiro até agora para o Vasco, sobrou na vitória por 2 a 1 sobre o Avaí nesta quarta-feira, na Ressacada, em Florianópolis. A equipe cruz-maltina aproveitou as duas boas chances que teve no primeiro tempo, com Wagner e Andrés Rios, e garantiu a terceira vitória fora do Rio de Janeiro até aqui na competição.

LEIA MAIS

- Chegou! Desábato já está no Rio de Janeiro para assinar com o Vasco

- Pedida salarial dificulta negociação do Vasco com Rildo

- Desábato chega ao Rio nesta quinta para assinar com Vasco: 'É um sonho'

- Novo Maracanazzo: vice da Sul-Americana rende enxurrada de zoações ao Fla na web

- Leia mais notícias sobre Vasco da Gama em www.futnet.com.br/vasco




Com o resultado, a equipe chega a 36 pontos e está na nona posição. Sábado, às 19h, no Maracanã, o Vasco faz o clássico com o Botafogo

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Foi um início do jogo dos sonhos para os cruz-maltinos em Floripa. Logo aos dois minutos, no primeiro ataque, Wagner dominou perto do bico direito da grande área, arrumou para a perna esquerda e mandou uma bomba no ângulo, indefensável. Golaço!

A vantagem não fez o Vasco diminuir o ritmo e a posse de bola. Andrés Ríos, que também havia marcado na rodada anterior, contra a Chapecoense, mostrou a tal eficiência. Aos 23, ele aproveitou bem uma sobra dentro da área, arrumou para a perna esquerda e bateu certeiro no cantinho.



Expulsão de Ríos faz time se encolher

Na segunda etapa, não restou ao Avaí outra opção que não fosse tentar pressionar. Até os 15 minutos, quando Ríos foi expulso após bater com a mão no rosto do adversário e levar o segundo amarelo, a equipe cruz-maltina conseguiu segurar o adversário. No lance seguinte, aos 16, os donos da casa diminuíram. Após cobrança de falta, Alemão, que estava adiantado, ganhou de Paulão no alto e mandou para Betão desvia para o fundo do gol: 2 a 1.





O Avaí cresceu e, mesmo com um a menos, o Vasco soube se defender e não passou sufoco. Quando a bola foi na direção do gol, Martín Silva fez o serviço.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte