Publicada em 11/10/2017, às 15:03

Após gol salvador, Guerrero só chega ao Rio nesta quinta e está fora do Fla-Flu

Um dia depois de protagonizar jogo que garantiu vaga do Peru na repescagem da Copa do Mundo, atacante cumpre agenda comercial em Lima

Guerrero em coletiva nesta quarta-feira, em Lima, em compromisso comercial (Foto: Gustavo Peralta/Jornal Libero)

Já ídolo e agora herói do Peru, Guerrero teve um movimentado dia seguinte ao gol que garantiu a seleção na repescagem para a Copa do Mundo. Nesta quarta-feira, o atacante cumpriu compromissos comerciais em Lima e retorna ao Rio de Janeiro na madrugada.

Com chegada prevista para a manhã desta quinta-feira, o atacante, portanto, vai desfalcar o Flamengo no clássico contra o Fluminense. O jogo será às 17h, no Maracanã, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

Nesta quarta, Guerrero deu entrevista coletiva para promover um evento social da marca de uma vitamina. Além de muitos jornalistas, na plateia estava sua namorada, a carioca Thaísa Leal.

O atacante mais uma vez falou sobre o gol de falta que deu o empate em 1 a 1 com a Colômbia e, assim, manteve o Peru com esperança de estar na Copa do Mundo. A seleção vai enfrentar a Nova Zelândia na repescagem.

Ainda na coletiva, Guerrero foi perguntado sobre o fato de o grupo se apresentar mais cedo à seleção para a preparação para os jogos da repescagem - dias 6 e 14 de novembro.

- Os jogadores devem conversar com seus clubes para virem antes à seleção. Eu vou tratar disso com o Flamengo.

A ausência de Guerrero no clássico já era esperada pelo Flamengo, principalmente no caso de um bom resultado do Peru. Em coletiva na última segunda-feira, o técnico Reinaldo Rueda admitiu que seria difícil contar com o camisa 9 contra o Fluminense.

Além disso, a viagem de Lima até o Rio de Janeiro - que tem cerca de cinco horas de duração - é considerada cansativa. O fato de o clássico ser às 17h diminui ainda mais o tempo de recuperação física.

- Dependemos se comemoram ou não comemoram. É um fator sociológico e psicológico que devemos compreender. Têm um compromisso grande com o Flamengo, mas estarão aqui só na quinta-feira - explicou o treinador.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Fla quer clássico contra o Vasco na Ilha, mas PM pode trocar o local
- Vinicius Junior volta a correr após entorse no joelho; Rhodolfo aparece em campo
- Contra fase ruim, Diego trabalha dobrado, se recupera de lesão e é recompensado
- Everton Ribeiro explica erro em cobrança de pênalti: 'Esperei ele sair'
- Leia mais notícias sobre Flamengo em www.futnet.com.br/flamengo

Mais sobre - Flamengo