Publicada em 10/10/2017, às 15:16

Direção garante continuidade a Guto no Inter com provável retorno à elite

Vice de futebol Roberto Melo fala que "seria contraditório" não oportunizar chance ao treinador de conduzir a equipe na disputa da primeira divisão

Guto Ferreira segue no Inter em caso de retorno à Série A (Foto: Eduardo Deconto)

A direção do Inter até demorou, mas nesta segunda-feira, pela primeira vez, garantiu a permanência de Guto Ferreira como técnico do time no ano que vem com o provável acesso à Serie A. Mesmo que tenha citado anteriormente a cláusula automática de renovação do treinador ao final do ano, o vice de futebol Roberto Melo disse que "seria contraditório" não dar a oportunidade do treinador mostrar seu trabalho na primeira divisão.

Guto é responsável direto pela ascensão da equipe a partir de certo momento na Série B. Ele começou com um desempenho cambaleante, mas pediu tempo para encaixar sua metodologia. Com a vitória por 1 a 0 sobre o Brasil de Pelotas na noite desta segunda, manteve o Colorado na liderança e com boa margem para o segundo colocado.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



– Como já explicitei, o Guto tem contrato com cláusula de renovação automática. Trabalho com continuidade. Não gosto de trabalhar com opção de mudança. Seria contraditório conseguir o acesso e o treinador não ter a oportunidade, com conhecimento de mercado, qualidade dos treinos, desempenho e relação com atletas – afirmou o vice de futebol em entrevista coletiva.

Para o próximo ano, o dirigente também já deixou clara a intenção de manter entre 70% e 80% do grupo de jogadores, até porque boa parte ainda terá contrato vigente. Entretanto, não quer dar mais informações enquanto o retorno à elite estiver em compasso de espera. A renovação com D'Alessandro será um dos pontos de urgência. Por outro lado, Melo alfinetou a gestão anterior, que fez altos investimentos em contratos longos.



– Precisamos de contratações, é evidente, temos algumas carências. Trabalhamos nisso e qualificaremos para suprir o grupo. Mas não entendo que seja uma grande mudança. Temos uma boa base, um time formado, com boas e até ótimas opções, como Nico e Camilo. Não são titulares, mas que têm condições de brigar. Não poderemos ter irresponsabilidade com o orçamento do clube. Não podemos errar no jogador com grande investimento, salário alto e com muito tempo de contrato – completou.

Com a vitória no Beira-Rio, o Inter soma 57 pontos e lidera a Série B. Na próxima rodada, o time enfrenta o Boa Esporte. A partida será disputada no dia 17 de outubro, às 19h15, no Estádio Municipal de Varginha, em Minas Gerais.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte