Publicada em 10/10/2017, às 15:14

D'Alessandro elogia trabalho dos dirigentes do Inter e vê clube no caminho certo

Camisa 10 relembra início ruim, destaca arrancada e diz que pretende colaborar com Colorado quando se aposentar: "É um clube que me deu muitas coisas e gostaria de ajudá-lo"

(Foto: Eduardo Deconto/GloboEsporte.com)

Um dos principais jogadores do Internacional em 2017, D'Alessandro não fez parte da campanha que rebaixou o clube para a Série B no último ano. O jogador estava emprestado ao River Plate e voltou a Porto Alegre nesta temporada com a missão de recolocar o Colorado na elite do futebol brasileiro. Com a vitória por 1 a 0 sobre o Brasil de Pelotas, nesta segunda-feira, a equipe do Beira-Rio abriu seis pontos para o América-MG, segundo colocado, e, apesar de cauteloso, o camisa 10 fez questão de destacar que dirigentes e jogadores começaram a reconquistar credibilidade junto aos torcedores.

Em entrevista ao programa "Bem, Amigos!", o camisa 10 lembrou que o Colorado não começou bem a temporada, mas destacou o trabalho da diretoria ao montar uma equipe capaz de voltar para a Série A. Ele ainda destacou o esforço que o clube faz parar dar uma melhor estrutura aos jogadores, ao falar da reforma do centro de treinamento.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



- A reconstrução do time não vai começar de um dia para o outro. Quando você cai para a Série B não existe um ou dois problemas. Uma série de problemas fazem com que o time não consiga um resultado dentro de campo, que é o que o torcedor quer e é o mais importante. Futebol é só resultado. A reconstrução não acontece de um dia para o outro. Nós começamos o ano com uma diretoria nova, com gente que voltou ao clube, com quem eu já trabalhei. Eles começaram montando o time aos poucos, montando um elenco competitivo. Um time que pode brigar pela liderança da Série B. e que pode colocar o Inter onde ele merece estar, na elite do futebol brasileiro. E nós estamos indo aos poucos. O nosso CT está melhorando. É algo que faz parte também da nossa construção. Já começaram as obras. Mas não tem como se livrar do resultado. O nosso começo de ano não foi bom, mas conseguimos dar uma arrancada. Dos últimos 13 jogos, nós vencemos 11. Isso faz com que o nosso torcedor volte a acreditar no time, volte a acreditar em quem trabalha no clube. Se Deus quiser, logo vamos conseguir conquistar o nosso objetivo.

Aos 36 anos, D'Alessandro tem contrato com o clube até o fim do ano, mas o clube planeja renovar o seu contrato do jogador. Apesar de ainda não pensar na aposentadoria, ele revelou que já está fazendo um curso para ser treinador e disse que pretende voltar a trabalhar no Beira-Rio quando penduras as chuteiras.

-Termino um curso de treinador no fim do ano, só para não perder tempo. mas ainda não sei o que vou fazer quando me aposentar. Vou precisar de um tempo para descansar e curtir a minha família, ver Champions League, conhecer estádios (...). O Internacional é um clube que me deu muitas coisas e gostaria de ajudá-lo de outra forma quando eu parar.



Líder da Série B, o Internacional volta a jogar no dia 17 de outubro contra o Boa Esporte, às 19h15, no Estádio Municipal de Varginha.

Fonte: SporTV
Clique para ver a matéria no site fonte