Publicada em 09/10/2017, às 15:13

Peruano do Grêmio vibra após empate na Bombonera e torce por vaga na Copa

Beto da Silva mantém as esperanças de disputar a Copa de 2018 após 0 a 0 entre Peru e Argentina; seleção de seu país se classifica com vitória na última rodada das Eliminatórias

(Foto: Eduardo Moura/GloboEsporte.com)

A seleção peruana suportou a pressão de uma Bombonera pulsante durante 90 minutos para arrancar um empate valioso diante da Argentina, na última quinta-feira, na penúltima rodada das Eliminatórias da Copa de 2018. E para deixar esperançoso o peruano Beto da Silva. Em Porto Alegre, o atacante gremista vibrou com o resultado do time nacional, capaz de alimentar seu sonho de disputar o Mundial na Rússia.

Ainda antes do embate ferrenho de seus companheiros na capital argentina, o jovem concedeu entrevista no CT Luiz Carvalho e se disse muito "atento" à seleção comandada por Ricardo Gareca – filho de pai brasileiro, Da Silva tem cidadania peruana e brasileira. O jogador, aliás, já foi convocado para defender o Peru antes de chegar ao Grêmio. A série de lesões musculares que iniciaram sua primeira temporada no Tricolor, porém, o fez perder espaço.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Mas não a ponto de levá-lo a perder as esperanças de integrar a lista de convocados para a Copa de 2018. Em especial, após ter marcado seu primeiro gol pelo clube na vitória por 1 a 0 sobre o Fluminense, ainda em sua terceira partida com a camisa do Grêmio.

– Eu estou muito atento à seleção. Seria um sonho jogar esses dois jogos, mas infelizmente eu não estou lá. Mas estou falando com os companheiros. É uma oportunidade única do Peru, de estar quase na Copa. Se Deus quiser, vamos nos classificar. Eu me vejo jogando o Mundial. Espero demonstrar no dia a dia para eles me convocarem lá na frente – afirma o peruano.

E Beto da Silva, de fato, esteve na torcida por seus companheiros. Em uma série de postagens em seus stories no Instagram, o peruano se mostrou apreensivo ao acompanhar a partida. Chegou até a reclamar de uma falta dada sobre Messi já no final da partida.



O empate na Bombonera deixou o Peru na quinta colocação na tabela das Eliminatórias da Copa de 2018, com os mesmos 25 pontos da Argentina, que figura em sexto. Os peruanos levam vantagem no número de vitórias (sete a seis) e ocupam, assim, o posto que garante vaga na repescagem para ir à Rússia.

Nesta condição, a seleção peruana precisa apenas de uma vitória para assegurar ao menos a quarta posição, em um confronto direto com a Colômbia. Neste cenário, a equipe ultrapassa os colombianos e vai a 28 pontos. Em caso de empate, o Peru torce para que a Argentina e Paraguai não vençam seus jogos contra Equador (fora) e Vanezuela (casa), respectivamente.

Os peruanos podem até se classificar com uma derrota. Para isso, porém, conta com uma derrota argentina e ao menos com um empate dos paraguaios. A última rodada das Eliminatórias está marcada para a próxima terça-feira, com todos os jogos às 20h30. O Peru enfrenta a Colômbia no Estádio Nacional, em Lima.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte