Publicada em 07/10/2017, às 14:03

Em começo de trabalho, Zé vem dando chances a jogadores no Vasco

Treinador cruz-maltino dá oportunidades para atletas no decorrer das partidas em que comandou a equipe. Ele já utilizou 10 nomes diferentes em suas substituições

Treinador já utilizou 10 jogadores diferentes em substituições nos jogos (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

A chegada de um novo treinador normalmente motiva todo o grupo porque os atletas acabam ganhando novas oportunidades. E é isso que vem acontecendo no Vasco. Apesar de mexer pouco no time titular de uma partida para outra, o técnico Zé Ricardo vem dando chances para diversos jogadores no decorrer dos jogos. Em quatro compromissos à frente do Vasco, o treinador já utilizou 10 nomes diferentes em suas substituições.

No empate em 1 a 1 contra a Chapecoense, o treinador colocou em campo na segunda etapa três jogadores que há muito tempo não atuavam: Evander, Thalles e Manga Escobar. Mesma coisa aconteceu na partida contra o Sport, quando nomes como Andrey e Guilherme Costa também tiveram chances.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Neste início de passagem, apenas dois jogadores entraram durante a partida mais de uma vez. Paulinho e Bruno Paulista foram opções de substituição do treinador duas vezes. O atacante entrou nas partidas contra Grêmio e Corinthians, enquanto o volante nos duelos contra o Tricolor gaúcho e o Sport.

Isso mostra que Zé Ricardo está dando oportunidades para todos os jogadores no elenco, inclusive para os que estavam esquecidos. Isso é bom porque deixa os jogadores motivados esperando uma chance de mostrar o potencial em campo. Além disso, faz com que os então titulares também fiquem ligados para não perderem a vaga na equipe.



Um exemplo disso pode ser Madson. O lateral-direito entrou ainda no primeiro tempo da partida contra o Fluminense no lugar do lesionado Gilberto, agradou Zé Ricardo, que ainda não estava comandando a equipe no jogo, mas estava de olho. O jogador foi bem, ganhou moral com o novo técnico e não saiu mais do time.

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte