Publicada em 06/10/2017, às 18:20

Clayton cita "erro técnico" em batida de pênalti e mira Galo na Libertadores 2018

Atacante diz que objetivo nesta temporada é terminar o Brasileiro na zona de classificação para a competição continental, que o Atlético-MG disputou nos últimos cinco anos

Clayton falou com os jornalistas no retorno de Londrina (Foto: Rafael Araújo)

Os atacantes Clayton e Rafael Moura foram os jogadores mais cobrados por parte da torcida pela perda do título da Primeira Liga. Os dois entraram no segundo tempo contra o Londrina, mas acabaram desperdiçando as penalidades máximas, ambas defendidas pelo goleiro
César, que selaram a derrota nos pênaltis por 4 a 2, no Estádio do Café.

No desembarque do time, que retornou de Londrina no fim da tarde dessa quinta-feira, Clayton foi um dos poucos que falou com os jornalistas. Nas justificativas, lamentações do título perdido e do pênalti defendido, ao qual considerou um erro técnico.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



- Tentamos o máximo durante o jogo. Foi um jogo complicado e não conseguimos fazer o gol. Foi para pênaltis, eu e o He-Man erramos, mas não foi por displicência. Quem viu o jogo viu que lutamos, como entramos. As substituições foram boas. Foi mais erro técnico na execução. Mérito também do goleiro deles, que pegou a cobrança. Victor também quase pegou duas cobranças. Perdemos o título, mas vamos buscar a vaga na Libertadores.

Com três títulos perdidos no segundo semestre e brigando contra o rebaixamento no Brasileirão, Clayton ainda mira uma vaga na Libertadores em 2018, que seria a sexta seguida do Atlético-MG.



- Desde que a gente perdeu a Copa do Brasil e a Libertadores estamos buscando isso. O Atlético-MG vem conseguindo a vaga tem cinco anos seguidos e vamos tentar de novo esse ano. Vamos lutar por isso - completou o atacante.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte