Publicada em 02/10/2017, às 14:43

Herói do Flu vê time com risco de queda, defende Abel e critica: "Não tem jogadores"

Em Teresina, Romerito acompanha com torcedores derrota para o Grêmio e se preocupa com proximidade do Tricolor do Z-4. Elenco campeão de 84 é lembrado: "Faltando jogador estilo ao meu"

Romerito em Teresina (Foto: Wenner Tito/GloboEsporte.com)

A derrota para o Grêmio jogou o Fluminense para a 15ª colocação, a um ponto da zona do rebaixamento do Brasileiro. A posição na tabela perto do Z-4 ligou o alerta de preocupação e o medo com o risco do rebaixamento, e o ídolo Romerito considerou perigosa a queda do Tricolor – que não vence há cinco jogos no campeonato. O ex-meia, herói do título nacional de 84, assistiu em Teresina, durante um evento com torcedores, ao revés por 1 a 0 no Rio Grande do Sul e não fez economia com as críticas sobre a fase da equipe – e alfinetou.

- Está faltando um jogador estilo ao meu, está faltando, está faltando também jogadores como de 84, que o Fluminense não vai ter nunca mais – disse Romerito, entendendo que a situação é grave.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



- Está muito feia, muito feia. É um time que está arriscado a cair e está perigoso, perigoso. O Fluminense não está jogando bem e não está fazendo gols – analisou o ex-jogador.

Atual embaixador do clube, Romerito descartou culpa do técnico Abel Braga pelo momento do Tricolor no Brasileiro. O time, recebido com protesto de um grupo de torcedores no desembarque no Rio, para Romerito, tem elenco reduzido.

- É que não tem jogadores, tem muito pouco jogador para mudar isso. O problema não é do técnico, mas o problema é de jogadores - considerou o ex-meia.



E o que falta ao time de Abel para fugir do Z-4? Romerito citou a artilharia do atacante Henrique Dourado no campeonato (com 14 gols) como trunfo, porém a ausência criativa no meio-campo tem dificultado.

- Ele (Henrique Dourado) é artilheiro e precisa mais de companhia na frente. Ele está sozinho, precisa da bola chegar nele e fazer os gols. O problema é que a bola não está chegando, o Fluminense está com muitos garotos e precisa de mais força – concluiu.

Com 31 pontos somados e o risco de entrar no Z-4 muito perto – O Avaí, que abre a zona do rebaixamento, tem 30 –, o Fluminense volta a jogar no Brasileiro contra o Flamengo, no dia 12 de outubro.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte