Publicada em 02/10/2017, às 15:10

Fase ruim! Fluminense retorna ao Rio sob protestos de alguns torcedores

Após mais uma derrota do time no Brasileirão, membros de uma das torcidas organizadas foram até ao aeroporto para cobrar do elenco. Abad foi alvo e Abel acalmou os ânimos

No último domingo, o Fluminense perdeu por 1 a 0 para o Grêmio (Foto: Lucas Merçon/Fluminense F.C.)

Após mais uma derrota no Campeonato Brasileiro, o Fluminense foi recepcionado por torcedores no aeroporto e por lá o clima ficou tenso. Em um vídeo, o Globoesporte.com mostra o desembarque dos jogadores com muita confusão e cobrança. Atletas como Wendel e Scarpa foram cobrados. Abel defendeu os seus jogadores e foi quem mais tentou acalmar o clima.

Assim que o elenco tricolor desembarcaram no Rio de Janeiro, integrantes de uma das torcidas organizadas começaram a protestar. Um dos alvos mais cobrados foi o presidente Pedro Abad, que pediu apoio das arquibancadas.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



– O time não está caindo. O time está fora da zona de rebaixamento. Estamos aqui tentando. Se você quer ajudar, vai para a arquibancada e apoia – disse.

No Santos Dumont, eram cerca de 30 torcedores do Fluminense e após a discussão entre um integrante e o presidente do clube, o treinador Abel Braga foi conversar com os tricolores para acalmar os ânimos e tentar explicar a situação.

Alguns torcedores também pararam para cobrar de jogadores como Henrique e Sornoza, que ouviram as reclamações e tentaram se explicar. Além de tudo, os integrantes da organizada que estava lá cantou lembrando do Fla-Flu e disse que vencer o clássico é obrigação.



Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte