Publicada em 28/09/2017, às 13:37

Fator Robinho: recuperar o atacante é a primeira missão de Oswaldo no Galo

Camisa 7 do Atlético-MG amargou a reserva com Rogério Micale, mas ganhará nova chance no time titular com Oswaldo de Oliveira

Robinho ganhou chance no time titular no treino de quarta-feira (Foto: Rafael Araújo)

Uma das primeiras atitudes de Rogério Micale quando assumiu o comando do Atlético-MG foi colocar o atacante Robinho no banco de reservas. Sob o comando do ex-técnico, o camisa 7 ficou quatro partidas sem nem sair do banco de reservas e foi titular em apenas duas ocasiões, uma delas na vitória de 1 a 0 sobre o Internacional, no Beira-Rio, pelas quartas de final da Primeira Liga. Naquela ocasião, Micale escalou um time alternativo.

Com Robinho em baixa, amargando um jejum de 23 partidas sem marcar gol, o primeiro objetivo de Oswaldo de Oliveira, novo treinador do Atlético-MG, será recuperar a confiança do jogador. De artilheiro do Galo no ano passado, o atacante passou a ser um dos alvos da torcida e a amargar o banco de reservas em 2017. Se em 2016 foram 25 gols, maior marca da carreira, na atual temporada foram apenas sete gols.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Na entrevista coletiva de apresentação já ficou clara a preocupação do novo treinador com Robinho, com quem já trabalhou em duas oportunidades, ambas no Santos.

- Robinho é um dos grandes jogadores de todos os tempos. Tive oportunidade de trabalhar com ele duas vezes no Santos, em 2005 e 2014. Fico muito triste de vê-lo no banco, sem dar a recompensa que a torcida espera. Vou conversar com ele para ver o que podemos fazer para voltar a ser o Robinho que nós conhecemos.

A primeira medida de Oswaldo de Oliveira foi colocá-lo no time titular logo na primeira atividade com todo o elenco à disposição. Sem Luan e Victor à disposição, ambos poupados, Robinho foi titular do ataque, junto com Valdívia, Cazares e Fred. Ele mostrou muita movimentação na atividade, e deixou o campo muito animado, comandando a resenha dos jogadores. Bom indício de que o bom momento pode voltar para o "Rei das Pedaladas".



Companheiro de ataque de Robinho, Fred também comemorou a chance de retorno do parceiro e destaca o trabalho feito por Oswaldo de Oliveira para isso, que chegou e com menos de dois dias mexeu com o brio do atacante.

- Estou torcendo para o Robinho jogar, mas também os outros. Ver o que o Oswaldo vai optar. A gente vê uma qualidade como a do Robinho fora, realmente é um certo desperdício. A gente está sentindo que o Oswaldo veio para explorar o melhor de cada um. Ele sabe que aqui dentro tem muita qualidade. Então está dando muita confiança para gente. Quando começa assim, as coisas tendem a melhorar o quanto antes.

No primeiro treinamento técnico, Oswaldo de Oliveira mostrou a cara do Galo. Sem os goleiros, que treinaram separadamente, o time teve Alex Silva, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson e Elias; Robinho, Cazares e Valdívia; Fred.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte