Publicada em 27/09/2017, às 14:12

Uber fecha patrocínio com Cruzeiro e Galo e parte do valor das corridas será destinado aos clubes

Torcedores que iniciarem ou encerrarem viagens perto dos estádios em dias de jogos vão ajudar times do coração, já que empresa reverterá parte da corrida para os cubes

Robson Pires, diretor comercial do Cruzeiro (de preto, à esq.) e Lucas Couto, diretor de administração do Atlético (à dir.) fecham parceria com Daniel Mandil, gerente da Uber em Belo Horizonte (Foto: Divulgação)

A Uber fechou uma parceria com o Atlético e com o Cruzeiro que dá aos torcedores desses dois times a chance de apoiá-los a caminho do estádio. Agora, a Uber destina aos clubes uma parte do valor de cada viagem iniciada ou encerrada na região dos estádios em dia de jogo.

O acordo torna a Uber a plataforma de mobilidade oficial dos dois times.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



- Todas as semanas, vemos como torcedores da Raposa e do Galo vão de Uber até os seus estádios para vibrar nos jogos e viver de perto essa paixão. Não tinha como escolhermos só um time para fazer parceria. É uma grande satisfação poder celebrar e apoiar, em alguma medida, esses times campeões e tão importantes para o futebol brasileiro - disse Ruddy Wang, gerente geral da Uber na região de Minas Gerais.

Para os clubes, essa é uma parceria importante e uma forma de garantir que os torcedores terão uma maneira confiável e prática de chegar aos estádios nos dias de jogos.



A parceria também conta com patrocínio no uniforme de jogo dos atletas. No Atlético, o logotipo da Uber vai ficar dentro do número da camisa. No Cruzeiro, a marca vai estampar a parte frontal do calção.

Também está prevista a oferta de benefícios e de promoções exclusivas para os torcedores dos dois clubes. Por exemplo, quem fizer sua primeira viagem pela Uber pode aproveitar desconto de R$ 20 aplicando o código promocional UBERATLETICO ou UBERCRUZEIRO na aba Pagamentos do menu, dentro do aplicativo.

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte