Publicada em 19/09/2017, às 14:38

Aos 36, D'Alessandro desponta com melhor média de assistências pelo Inter

Camisa 10 já conseguiu 14 passes para gols na temporada e se mantém como expoente técnico do time de Guto Ferreira

D'Alessandro é o "garçom" colorado na temporada (Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Internacional)

Aos 36 anos, D’Alessandro comprova nos números a importância para o Inter e segue quebrando números pessoais. “Garçom” do time, foi o autor de uma assistência na vitória de 3 a 0 sobre o Figueirense. Com o feito, igualou o recorde pessoal com a camisa do clube gaúcho. E mais: tem a melhor média de passes para gol em todos os anos pelo clube.

Ainda em meados do nono mês da temporada, o capitão colorado já alcançou a marca de 14 assistências. O número é o mesmo de 2014, então seu melhor ano no quesito, quando tinha 33 anos e ajudou o time a garantir uma vaga direta à Libertadores, além de conquistar o Gauchão. Mas com sete partidas a menos jogadas em 2017, que resulta em média de 0,35 por jogo.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



– Sempre é muito bom para um meia contribuir com assistências. Neste ano comecei mais à frente. Agora, com essa formatação tática, recuei um pouco para fechar o losango. Jogo pela esquerda, ficando mais de frente para o campo de ataque – explica o gringo, via assessoria de imprensa.

Com 380 partidas pelo Colorado, o gringo soma 89 gols. E, a cada vez que balança as redes dos adversários, vibra efusivamente. Porém, garante que um dos seus prazeres está em colocar o companheiro com condições de superar o sistema defensivo rival.

– É bom fazer gols, mas fico mais contente quando consigo dar o passe que possa deixar meu companheiro em situação boa para finalizar e marcar. Minha principal função é essa, abastecer os caras da frente e trabalho para contribuir nisso. Mas também me preocupo muito em recompor e ajudar na marcação do time. Quando funciona bem o conjunto, todas as individualidades acabam aparecendo mais – analisa.

Expoente técnico do time, D’Ale brilhou na vitória por 3 a 2 diante do Paysandu, pela 22ª rodada, em noite no qual o Inter assumiu a liderança da Série B. O gringo fez as três assistências na partida, para gols marcados por Damião, duas vezes, e Klaus, em cobrança de escanteio.

Naquele jogo, o camisa 10 conseguiu criar uma pintura: fez lançamento do campo de defesa para Damião dominar na área e encobrir o goleiro. Ainda conseguiu passe açucarado para o centroavante, de dentro da grande área, enquanto cobrou escanteio desviado por Klaus, de cabeça.

D’Ale conta com contrato somente até o final do ano com o clube gaúcho. Em entrevista recente à RBS TV, no entanto, revelou que nem pensa em se aposentar. Almeja, ao menos, outros dois anos de carreira.

– Penso em atuar mais dois anos, eu acho. Até os 38. Não quero me colocar uma data de validade, mas imagino que por mais dois anos possa fazer o meu trabalho, me esforçando, me dedicando. Porque acho que nao é só jogar, é seguir a conduta de profissionalismo, de chegar cedo no treino.

D'Aledependência?

O desempenho do gringo também faz reaparecer a "D'Aledependência". Das 53 partidas disputadas pelo Inter, participou de 40. Neste período, o time acumulou 21 vitórias, 13 empates e saiu derrotado em seis ocasiões, o que representa um aproveitamento de 63,33%. Sem ele, a equipe ganhou seis, com três igualdades e quatro revezes, o que dá um rendimento de 53,84%.

A importânica do capitão salta ainda mais aos olhos na Série B. D'Ale esteve em campo em 18 jogos, com 11 triunfos, quatro empates e três derrotas. O aproveitamento do Inter com ele é de 68,51%. Quando está fora, o time sente sua falta. Nos seis compromissos em que desfalcou o Colorado, só ocorreram dois triunfos, com outras duas igualdades e dois revezes, o que coloca o rendimento em apenas 44,44%.

D'Ale, no entanto, não estará em campo na próxima rodada. Neste sábado, cumprirá suspensão pela terceira vez e apenas acompanhará pela televisão o compromisso com o Náutico, em Caruaru. O Colorado é o líder da Série B, com 45 pontos, mesmo número do América-MG, mas leva vantagem no número de vitórias: 13 contra 12.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Inter faz proposta e se aproxima de acerto com Roger como reforço para 2018
- Sócios do Inter terão acesso gratuito em despedida da Série B no Beira-Rio
- Camilo e Pottker destacam parceria em vitória do Internacional
- Após vitória, nem jogadores do Inter entendem gol anulado: "Apitou e paramos"
- Leia mais notícias sobre Internacional em www.futnet.com.br/internacional

Mais sobre - Internacional