Publicada em 17/09/2017, às 14:53

Alemão "renasce" no Inter e "lava a alma" ao percorrer campo de joelhos

Lateral atua 45 minutos após ficar cinco meses em recuperação de um edema ósseo e comove torcedores em gesto depois da vitória por 3 a 0 sobre o Figueirense, neste sábado

Alemão vibra com retorno ao Inter após cinco meses (Foto: Eduardo Deconto)

O árbitro apita o final da partida num cair de noite chuvoso em Porto Alegre, e a torcida esboça uma vibração até corriqueira com a vitória por 3 a 0 sobre o Figueirense, neste sábado, capaz de alavancar o Inter à liderança da Série B. Mas a festa passa longe de ser habitual para Alemão. O lateral-direito logo se ajoelha no gramado do Beira-Rio e percorre os 105 metros de comprimento envolto em um sentimento que, ao mesmo tempo, tem muito e nada a ver com os 45 minutos que esteve em campo. Cada passo de joelhos simboliza um obstáculo superado ao longo de 154 dias de inatividade, em recuperação de um edema ósseo no pé direito, até seu "renascimento" no Colorado.

O gesto de gratidão a Deus – como o próprio faz questão de reiterar – "arrepiou" e despertou aplausos em pé não só dos 20 mil torcedores presentes nas arquibancadas, mas até do presidente Marcelo Medeiros, que fez questão de parar antes de descer aos vestiários. Ali, na reclusão do ambiente colorado, Alemão voltou a cair em lágrimas, entrelaçado aos companheiros na roda de oração após a partida. E deixou estravasar toda emoção de se sentir "inválido" e até "envergonhado" por ficar fora dos primeiros compromissos da missão do resgate do Inter na Série B.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



– Com certeza. Nos reunimos após o jogo, agradeci a todos eles pela força que me deram durante esse período. Não é facil estar ali, ter a expectativa e não poder ajudá-los. Eu estando ali na maca, me senti inválido, envergonhado. Tenho que agradecer a esses profissionais que se doam ao maximo para nos colocar à disposição. Por mais que você seja um atleta renomado, você não quer estar na maca. Deus me deu força e hoje eu posso ajudá-los – disse Alemão.

A comoção do lateral por apenas 45 minutos de uma atuação discreta pode até soar exagerada. Mas faz todo o sentido ao atleta, que chegou ao Inter para ser o substituto de William, mas nunca pôde mostrar, de fato, a que veio. Antes da partida deste sábado, o jogador havia atuado em apenas sete jogos no Colorado e não entrava em campo desde o dia 15 de abril, no jogo da volta da semifinal do Gauchão, contra o Caxias, no Estádio Centenário.

Alemão fora diagnosticado com um edema ósseo no pé direito, uma lesão com tratamento difícil, como o próprio relata. Sem uma fratura no osso – apenas uma fissura – o atleta não tinha necessidade nem possibilidade de corrigir o problema com uma cirurgia.

Em suma: o lateral percorreu quase cinco meses imerso em uma rotina bastante severa para qualqur atleta, com tratamento fisioterápico e à base de gelo de domingo a domingo, com sessões pela manhã, à tarde e até à noite, em casa. Neste período, o jogador tinha dificuldades e sentia muitas dores até ao tocar o pé no chão.

– Em princípio, era um edema ósseo, a gente fazia exames e não mostrava fratura, nem nada. Era uma pequena fissura do osso. É pior, porque tem que esperar o osso se regenerar. Não existe tratamento específico, cirurgia. Eu voltei a treinar, essa dor me incomodava e não sumia. A gente ia para a fisioterapia de manhã, de taded, fazia à anoite em casa. Essa contusão foi complicada. Era só o tempo, né? Mas estou bem. Espero ajudar o Inter – afirma o lateral.

De volta e "100%", Alemão se coloca à disposição até para atuar 90 minutos diante do Náutico, no próximo sábado, em especial após ingressar na vaga de Cláudio Winck. O titular sentiu uma pancada na coxa esquerda em uma dividida como o goleiro Saulo. Em um primeiro momento, não preocupa, mas será reavaliado na reapresentação do elenco, na segunda-feira. Contratado no início deste ano, Alemão tem contrato com o Inter até o fim de 2019.

Com a vitória – e muita emoção – neste sábado, o Inter chegou a 45 pontos na tabela e reassumiu a liderança da Série B, com a mesma pontuação do América-MG. A equipe leva vantagem no número de vitórias (13 a 12). O Colorado volta a campo no próximo sábado, às 16h30, quando enfrenta o Náutico, no Lacerdão, em Caruaru, pela 25ª rodada da competição.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Inter faz proposta e se aproxima de acerto com Roger como reforço para 2018
- Sócios do Inter terão acesso gratuito em despedida da Série B no Beira-Rio
- Camilo e Pottker destacam parceria em vitória do Internacional
- Após vitória, nem jogadores do Inter entendem gol anulado: "Apitou e paramos"
- Leia mais notícias sobre Internacional em www.futnet.com.br/internacional

Mais sobre - Internacional