Publicada em 13/09/2017, às 13:55

Quarto melhor do returno, crescimento do Galo coincide com foco total no Brasileiro

Atlético-MG reage após o início do segundo turno, mas primeira metade ruim do campeonato compromete subida maior na tabela de classificação

Alegria na Cidade do Galo: time ainda está em 11º lugar, mas faz boa campanha no returno (Foto: Bruno Cantini)

intervalo entre as rodadas 19 e 20 do Campeonato Brasileiro é muito mais do que uma sequência de jogos para os times. A virada para o returno é encarada pelos times como a chance de um recomeço no Brasileirão e fica como um comparativo para o desempenho das 20 equipes na briga pelo título, por uma vaga na Libertadores ou contra a zona de rebaixamento.

Dono da quarta melhor campanha do returno, o Galo terá o Avaí, melhor time do segundo turno do Campeonato Brasileiro. O jogo será domingo, em Santa Catarina, às 11h (de Brasília). Apesar da boa campanha a partir da rodada 20, o Galo ainda ocupa a 11ª posição e divide suas atenções entre a corrida pelo G-6 e a luta para se distanciar do Z-4.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

Para o time alvinegro, o início do returno coincidiu com a eliminação na Libertadores, deixando o Atlético-MG com às atenções todas voltadas para a recuperação no Campeonato Brasileiro, após um início ruim, com as atenções divididas entre a Copa do Brasil e o torneio continental.

Capitão atleticano, Leonardo Silva não vê uma mudança muito drástica do primeiro turno para o segundo e avalia o returno como um
paralelo que o time terá para saber se vai melhorar ou não até o fim do Brasileirão.

- É uma sequência de campeonato. São jogos em cima de jogos. Não muda muita coisa. Só a avaliação da posição que nós estamos para tentar evoluir ou permanecer nela. É mais uma avaliação de como nós estamos para evolução posterior ou manutenção.

Chave virada

Para o volante Yago, a chegada do segundo returno mexe um pouco com o fator psicológico. Para ele, o objetivo é ser o primeiro do returno para, automaticamente, se aproximar do objetivo, que é terminar o Brasileirão no G-6.

- Na verdade é como se fosse virar a chave. Aproveita que acaba o primeiro turno e fala-se em novos planos e nova história a caminhar. É mais o psicológico mesmo e está dando certo. Se está certo, temos que continuar brigando pela liderança do returno e buscar o G-6, que é o nosso maior objetivo.

Caso vença o Avaí na Ressacada, o Atlético-MG pode se tornar o melhor time do returno, desde que Botafogo e Cruzeiro não vençam os seus jogos. Um triunfo em Santa Catarina reaproxima a equipe do grupo dos seis primeiros colocados.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Leonardo Silva é ausência em treino de muitas finalizações no Atlético-MG
- Micale elogia crescimento de Robinho no Galo, mas avisa: "Cazares ainda é titular"
- Entorse no joelho deixa Marcos Rocha fora do Galo por tempo indeterminado
- Jogadores do Atlético-MG tentam explicar aproveitamento ruim do ataque: "É difícil"
- Leia mais notícias sobre Atlético-MG em www.futnet.com.br/atletico

Mais sobre - Atlético-MG