Publicada em 13/08/2017, às 15:20

Dorival pede mais lucidez e proteção à zaga após vitória de virada do São Paulo

Técnico elogia espírito de luta, admite dúvida em pênalti sobre Gilberto, cita outro lance polêmico e enumera correções a serem feitas para o confronto direto diante do Avaí

Dorival Júnior elogiou espírito de luta do Tricolor (Foto: Marcos Ribolli)

Dorival Júnior comemorou muito a vitória do São Paulo por 3 a 2 sobre o Cruzeiro, mas o resultado não impediu que ele enxergasse problemas no desempenho da equipe. Depois do jogo, o técnico enumerou correções a serem feitas para o próximo domingo, quando terá o Avaí pela frente.

O comportamento do Tricolor foi enaltecido, mas Dorival espera ver sua defesa mais protegida, e também quer melhoras na construção dos lances ofensivos.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

– O espírito de luta tem que ter de novo. Se não houver uma entrega grande, poderemos até fazer um jogo superior ao de hoje, com mais posse de bola, mas dificilmente teremos o resultado. Se conciliarmos esse espírito com um pouco mais de lucidez e uma troca de passes mais incisiva, não tenho dúvidas que poderemos crescer. É questão de corrigir aspectos importantes que nos deixaram vulneráveis em momentos da partida. Você não pode sofrer tanto assim – afirmou.

O técnico espera que a vitória melhore a semana de trabalho no CT. Sua missão será corrigir o posicionamento defensivo para que a primeira linha de marcação fique mais protegida.

A posição de volante volta a ser uma dúvida. Dorival havia trocado Jucilei pelo jovem Militão, que fez um mau primeiro tempo e saiu no intervalo para o retorno do antigo titular.

– O Jucilei sabe como foi importante para ele essa percepção. A saída de um jogador faz com que ele perceba outra condição. O Militão fez isso muito bem nos treinamentos, passou ótima impressão e não conseguiu repetir hoje. Ele é um garoto ainda, atuou fora da posição de origem. A própria equipe não o ajudou no primeiro tempo. O Jucilei entrou dentro do que propusemos, foi importante sua maneira de atuar, a liderança em campo, nos deu mais equilíbrio.

Questionado sobre a reclamação do Cruzeiro com o árbitro Rafael Traci, Dorival Júnior disse que também ficou em dúvida no pênalti marcado de Ezequiel em cima de Gilberto, mas citou também a falta de Buffarini, que originou o gol de empate marcado por Sassá, no início da etapa final.

– Eu falei para o Mano que também fiquei em dúvida no pênalti, assim como na jogada do Buffarini, no primeiro gol do Cruzeiro, num possível toque na mão dele. Nos últimos dois ou três jogos fomos severamente punidos por erros da arbitragem. Dessa vez não sei o que aconteceu, mas os dois lances me deixaram muito em dúvida.

O São Paulo folga nesta segunda-feira e volta a treinar na terça à tarde, quando começará a preparação para enfrentar o Avaí, domingo, na Ressacada. O time catarinense é adversário direto na luta contra o rebaixamento.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Após intensivão, Dorival testa defesa do São Paulo contra pior ataque
- Dorival confirma Edimar e Gilberto, e foca posicionamento defensivo
- Dorival não expõe falhas de Renan e se irrita com empresário de Gilberto
- Dorival elogia poder de reação de Jucilei no São Paulo: "Está muito mais solto
- Leia mais notícias sobre São Paulo em www.futnet.com.br/saopaulo

Mais sobre - São Paulo