Publicada em 12/08/2017, às 12:52

Micale ressalta confiança em Robinho e avisa: "Ele quer dar uma resposta"

Segundo treinador, atacante tem treinado com muita intensidade e se dedicado para dar a volta por cima no Atlético-MG

Rogério Micale observa Robinho durante treino dos reservas em campo (Foto: Bruno Cantini / Flickr do Atlético-MG)

Quantos elencos no Brasil não gostariam de ter o Robinho?

A questão foi levantada por Rogério Micale, técnico do Atlético-MG. A resposta é óbvia se a análise for em cima da capacidade técnica do "rei das pedaladas" e de tudo o que ele demonstrou durante a carreira. Se o critério for momento, porém, não é tão óbvia assim. Em 2017, Robinho não tem conseguido repetir as boas atuações que teve com o Galo em 2016 e perdeu espaço no time. A renovação de contrato do atleta, inclusive, é improvável para a próxima temporada. Hoje, é reserva e tem entrado no segundo tempo da maioria dos jogos, mas também sem muitos resultados.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

Segundo o técnico atleticano, o mau momento vai passar. Na entrevista coletiva que concedeu nessa sexta-feira, na Cidade do Galo, Rogério Micale ressaltou a confiança que tem no futebol de Robinho, destacou o profissionalismo do jogador para dar a volta por cima e disse que, no momento de instabilidade técnica da equipe, é natural que jogadores mais experientes sejam mais cobrados.

- O elenco que temos é esse, a gente sabe disso. É um elenco que todo mundo gostaria de ter, se você olhar os nomes. Nossos jogadores têm capacidade, condição, por tudo que demonstraram durante a vida desportiva deles, de dar uma volta por cima. Temos que identificar os erros, fortalecer os acertos. O Robinho é um jogador muito importante para o nosso momento. Confiamos no Robinho. É um cara que se dedica no dia a dia, treina de forma intensa, está buscando. As coisas podem não estar dando certo, mas vejo entrega total.

Os números de Robinho em 2017 evidenciam o mau momento: até aqui, tem 35 jogos disputados e cinco gols. O último deles foi na decisão do Campeonato Mineiro. A chance de reação é neste domingo, às 16h (de Brasília), quando o Galo recebe o Flamengo, no Independência, na abertura do returnod o Brasileirão.

- Ele não está confortável com essa situação. Acaba caindo muito nas costas deles (jogadores mais experientes). A cobrança é maior por tudo que representam, tudo que são. Mas tem outros também, que muitas vezes estão em momentos difíceis, mas não têm tanta exposição. A cobrança se canaliza para Fred, Robinho, Elias. Eles sabem disso, são maduros suficientes para entender que a cobrança é em cima deles. A gente precisa do Robinho. É um jogador de uma qualidade imensa. Quantos elencos no Brasil, hoje, não gostariam de ter o Robinho? Nós temos o Robinho, e ele vai dar para a gente aquilo que sabemos que ele tem condição de dar. Ele está ciente disso. Ele quer dar uma resposta - disse o treinador atleticano.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Micale explica motivo de não poder repetir "receita" vencedora em 2013 no Galo
- Micale deixa Fred e Robinho como opções no banco contra o Fluminense
- Galo treina sem Gabriel, e Micale justifica chance a He-Man: "A gente não tem só 11"
- Elias deixa falta de gols de lado e afirma: "Ligo mais para desempenho"
- Leia mais notícias sobre Atlético-MG em www.futnet.com.br/atletico

Mais sobre - Atlético-MG