Publicada em 14/07/2017, às 14:56

Vai despencar? Há quatro rodadas, vantagem corintiana só aumenta

Após Renato Gaúcho, técnico do Grêmio, dizer que 'daqui a pouco Corinthians despenca', levantamento aponta que Timão tinha um ponto a mais na nona rodada e agora tem dez

(Foto: Daniel Augusto Jr)

- Não tirando os méritos do Corinthians, merece. Mas é uma coisa anormal. Não tem uma equipe que dispara assim no campeonato. O Corinthians tem se aproveitado, conseguido vitória fora de casa. Mas daqui a pouco vai despencar.

Vice-líder do Campeonato Brasileiro após 13 rodadas, o técnico Renato Gaúcho acredita que o Grêmio conseguirá diminuir a diferença de dez pontos para o Corinthians de Fábio Carille. E mais: acha que o rendimento do atual ponteiro da tabela de classificação "vai despencar". A análise do treinador, entretanto, vai de encontro ao apresentado nas últimas rodadas da competição. Para resumir: a vantagem corintiana no Brasileiro só tem crescido nos últimos jogos.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

Hoje, o Corinthians soma dez pontos a mais que o Grêmio, que é segundo colocado, após 13 partidas. Na 12ª rodada, a diferença era de nove pontos (32 contra 23 do Flamengo), na 11ª era de sete (29 contra 22 do Grêmio), na décima era de quatro pontos (26 contra 22 do Grêmio) e na nona rodada era de um ponto (23 contra 22 do Grêmio). O Timão assumiu a liderança na quinta rodada e conservou um ponto de vantagem até a décima rodada, quando disparou.



O Grêmio precisa de pelo menos mais quatro rodadas para assumir a liderança, desde que o Corinthians tenha uma queda brusca em seus 90% de aproveitamento até o momento. O time de Fábio Carille detém as marcas de melhor mandante, melhor visitante, melhor defesa e segundo melhor ataque (justamente a equipe de Renato Gaúcho marcou um gol a mais). Restam seis jogos para o fim do primeiro turno, e o Timão tem liderança garantida pelo menos até a 16ª rodada.

Uma das preocupações de Fábio Carille é que o Corinthians mantenha o desempenho apresentado nas primeiras 13 rodadas ao longo da competição. O que dá esperança ao treinador é a consolidação do modelo de jogo e as vitórias em jogos importantes, como diante de Palmeiras e do próprio Grêmio fora de casa.

- O que me tira o sono é ficar pedindo a Deus que as coisas aconteçam sempre assim - diz o comandante do Corinthians.

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Cássio responde críticas, lamenta desfalques e se esquiva sobre Walter
- Após Jadson, Corinthians perde Pablo por contusão por até um mês e meio
- Corinthians já vê Cássio na Seleção: as razões do veto à saída de Walter
- Avaí x Corinthians: prováveis times, onde acompanhar, baixas e palpites
- Leia mais notícias sobre Corinthians em www.futnet.com.br/corinthians

Mais sobre - Corinthians