Publicada em 17/06/2017, às 15:42

Torcida do Fluminense protesta contra a diretoria

Pedro Abad e Abel Braga conversa durante treinamento deste sábado (Foto: NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.)

Insatisfeitos com os resultados negativos acumulados pelo Fluminense no Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil, cerca de 200 integrantes de torcidas organizadas fizeram um protesto em frente à sede do clube, nas Laranjeiras. O técnico Abel Braga e os jogadores foram poupados, mas o presidente Pedro Abad e o grupo político Flusócio, base de sustentação da atual gestão, foram muito criticados.

“Diretoria omissa”, “Abad mentiroso” e “Fora, Flusócios”, foram algumas das mensagens. Acionada pelos dirigentes, a Polícia Militar esteve na porta principal do clube, para garantir a segurança.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Dentro de campo, a novidade do Fluminense para o clássico deste domingo, diante do Flamengo, no Maracanã, é retorno do volante equatoriano Orejuela que voltou ao Tricolor das Laranjeiras depois de servir à seleção do seu país, em jogos amistosos. Orejuela está fora do time desde o triunfo em casa sobre o Vitória, por 2 a 1, no Maracanã, período em que o Fluminense disputou três partidas e não obteve resultados positivos.

Mateus Norton deve deixar a equipe titular para que o equatoriano recupere sua posição. O time que vai enfrentar o Flamengo deve entrar com a seguinte formação: Júlio César; Lucas, Reginaldo, Henrique e Léo; Orejuela, Wendel, Scarpa e Calazans; Richarlison e Henrique Dourado.

Fonte: Gazeta Esportiva
Clique para ver a matéria no site fonte





Mais sobre - Fluminense