Publicada em 05/04/2017, às 09:37

Valdivia? Everton Ribeiro? Entenda por que o São Paulo não entrou na disputa

Agentes procuraram o clube para sondar interesse nos meias, mas altos salários pesariam demais numa folha que já foi inflada com Pratto e sete renovações recentes

Rodrigo Caio foi um dos sete jogadores que tiveram contrato renovado no São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)

O São Paulo foi contatado por agentes ligados a Everton Ribeiro, do Al-Ahli, e Valdivia, do Internacional. A pergunta foi clara: "O clube tem interesse em contratar o jogador?". A resposta foi igualmente cristalina: "Tem, mas somente dentro das nossas condições econômicas".

E isso praticamente encerrou as conversas. Everton Ribeiro e Valdivia ganham salários bem maiores do que o Tricolor pretende pagar a reforços neste momento. As dificuldades financeiras são conhecidas desde 2015, e a folha salarial do elenco vem passando por mudanças constantes, inclusive por sete renovações recentes e a contratação de Lucas Pratto.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

Do ano passado para este, houve redução, com a saída de jogadores caros, como Michel Bastos, Carlinhos (o São Paulo ainda paga metade do que ele recebe no Internacional) e Mena. Alguns dos reforços também têm vencimentos consideráveis, principalmente Wellington Nem e Cícero (o Fluminense paga 30% dos salários).



O panorama foi modificado com a venda de David Neres para o Ajax, da Holanda, por R$ 50,7 milhões (R$ 40,5 até julho + R$ 10,2 ligados a metas do jogador). Isso fez o São Paulo contratar o centroavante Pratto por R$ 20,5 milhões (também a serem pagos até julho).

Com um elenco montado, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva optou por uma política de tentar prorrogar seu prazo, apostar num projeto de longo prazo e se proteger de investidas europeias. Para isso, renovou o contrato de sete jogadores: Cueva (até junho de 2021), Bruno (dezembro de 2018), e Rodrigo Caio, Luiz Araújo, Thiago Mendes, Araruna e Lucas Fernandes (dezembro de 2021).

Todos eles receberam aumento salarial. O de Rodrigo Caio, que ganhava muito menos do que era indicado para um protagonista do elenco, campeão olímpico e convocado para a seleção principal, foi considerável. A folha do São Paulo inflou, e isso inviabilizou reforços caros neste momento.

A solução foi recorrer mais uma vez a jogadores de pouco mercado para suprir as carências detectadas por Rogério Ceni no fim da primeira fase do Paulistão. A diretoria acertou com o lateral-esquerdo Edimar, do Cruzeiro, por empréstimo, e o meia Thomaz, do Jorge Wilstermann, da Bolívia, num contrato de três anos.

Pelo menos por enquanto, investimentos como Everton Ribeiro e Valdivia não estão nos planos. A diretoria do São Paulo tem duas renovações para debater num futuro próximo. A do zagueiro Lugano, contrato até fim de junho, e do atacante Gilberto, com vencimento em dezembro.

Veja mais informações sobre o próximo jogo do São Paulo:

Próximo adversário: Defensa y Justicia, da Argentina
Local: estádio La Fortaleza, em Lanús (ARG)
Data e horário: quarta-feira, às 19h15 (de Brasília)
Escalação provável: Denis, Lucão, Breno e Rodrigo Caio; Araruna, Jucilei, João Schmidt e Buffarini; Shaylon, Chavez e Pratto
Desfalques: Renan Ribeiro, Thiago Mendes e Luiz Araújo (poupados), Sidão (lombalgia), Bruno (entorse no tornozelo direito), Edimar, Lucas Fernandes e Cueva (estiramento na coxa esquerda), Cícero (dores na canela esquerda), Maicon, Lugano e Wesley (suspensos)
Arbitragem: Jesus Valenzuela, auxiliado por Luís Sanchez e Tulio Moreno (todos da Venezuela)
Transmissão: Fox Sports
Tempo Real: no GloboEsporte.com, a partir das 18h15

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- São Paulo se interessa por Marcos Rocha, lateral do Atlético-MG
- Aderllan é regularizado no São Paulo, mas faz trabalho físico para estrear
- Sem espaço e com poucos jogos em 2017, Hernanes quer lugar na meia
- Para recuperar São Paulo, Dorival enfrenta único time que não salvou
- Leia mais notícias sobre São Paulo em www.futnet.com.br/saopaulo

Mais sobre - São Paulo