Publicada em 05/04/2017, às 22:26

Grêmio critica jogadores do América-MG após briga: "Não precisava disso"

Vitória por 1 a 0 sobre o América-MG nesta quarta-feira, na Arena, pela Primeira Liga, encerrou em confusão após Maxi Rodríguez não devolver a bola em fair play

Everton anota o gol da vitória do Grêmio sobre o América-MG (Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação)

O Grêmio venceu o América-MG por 1 a 0 nesta quarta-feira, na Arena, e carimbou a vaga nas quartas de final da Primeira Liga em meio a uma partida conduzida sob morosidade quase total. Porém, até os 46 do segundo tempo, quando uma confusão eclodiu à beira de campo após um lance com Maxi Rodríguez. Depois da partida, os gremistas lamentaram o episódio e citaram até a postura do técnico rival, Enderson Moreira.

O empurra-empurra teve início após Maxi dominar a bola rente à linha lateral, enquanto os jogadores do América cobravam fair play (veja no vídeo abaixo). O uruguaio foi desarmado, caiu no gramado e logo acabou envolto por quatro rivais, com direito a empurrões. Em seguida, o bolo de jogadores se amontoou em frente ao banco de reservas dos visitantes e até mesmo Renato Gaúcho e Enderson bateram boca antes de o clima ser apaziguado. Na saída de campo, Bruno Cortez criticou a atitude dos rivais.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

– Os caras chegaram lambendo, agredindo. Não precisava disso. Para você ver. Precisa isso? O treinador do lado deixando um negócio desse acontecer. Não pode – afirmou o lateral-esquerdo.



Capitão da equipe nesta quarta-feira, Bressan tentou explicar o episódio e garantiu que Maxi não sabia que a ordem era para devolver a bola aos rivais. O zagueiro ainda falou sobre o pênalti não marcado pelo árbitro para o Coelho.

– Foi um desentendimento de ambas as partes. O Maxi não sabia que era para retornar a bola. Eu tinha pedido para ele segurar. (O pênalti) Fica a cargo do juiz. Eu acho que não foi – disse o defensor.

Parceiro de Bressan na zaga, em sua estreia pelo Grêmio, Bruno Rodrigo contemporizou o lance. O zagueiro reconheceu que o Tricolor deveria devolver a posse ao adversário, mas acabou por permanecer com a bola. Ainda assim, afirmou que o episódio é corriqueiro.

– Confusão sempre tem. Acho que foi um lance em que agente tinha que devolver, mas acabamos não devolvendo. Faz parte. Já fui prejudicado assim também. Estou aqui hoje. Segue o jogo – ressalta o defensor.

Com o triunfo, o Grêmio assegura a vaga como segundo colocado do Grupo B, com quatro pontos. As quartas de final estão marcadas apenas para o dia 29 de agosto. Os confrontos serão definidos em sorteio.O Tricolor volta a campo no próximo sábado, às 16h, quando recebe o Veranópolis, na Arena, pelas quartas de final do Gauchão. E com vantagem confortável, após vencer o jogo de ida por 2 a 0, no Antônio David Farina.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Com problema no púbis, Bolaños pode passar por cirurgia em dezembro
- De olho em 2018, Grêmio pretende renovar com Léo Moura e Cortez
- Treino do Grêmio tem Paulo Victor como novidade e Arroyo em coletivo de reservas
- Um terço do Campeonato Brasileiro já foi disputado. Veja balanço
- Leia mais notícias sobre Grêmio em www.futnet.com.br/gremio

Mais sobre - Grêmio